Como criar um orçamento mensal

Dicas para organizar um orçamento mensal simples

Se pretende organizar as suas finanças pessoais comece por criar um orçamento mensal.

  • Lisboa
  • 2009-10-07 00:00:00
  • categoryPoupança

Antes de criar um orçamento mensal, é importante realizar previamente um historial dos seus comportamentos financeiros e determinar em que categorias tem gasto e prevê vir a gastar o seu dinheiro.


Se pretende organizar as suas finanças pessoais comece por criar um orçamento mensal simples. Fazer um orçamento pessoal ou familiar poderá ajudá-lo a melhorar o seu controle financeiro. No presente artigo apresentamos algumas dicas que o podem ajudar a fazer o seu.

 

Por onde começar o orçamento mensal?

Comece por criar categorias para melhor organizar as áreas em que gasta o seu dinheiro. Definindo exactamente os alvos das suas despesas consegue, mais facilmente, ter noção das suas obrigações, estabelecer prioridades e planear o seu futuro em termos financeiros. Entre as categorias mais comuns destacam-se as seguintes:

  • Habitação: prestação ao banco, renda, seguros, electricidade, água, gás, manutenção, etc.
  • Alimentação: comida, refeições fora de casa, etc.
  • Transportes: combustível, passes, seguros, portagens, etc.
  • Seguros: seguros de vida, seguro automóvel, seguro de saúde, etc.
  • Formação: propinas, manuais, material escolar, etc.
  • Saúde: consultas, medicamentos, exames, etc.
  • Vestuário: roupa, calçado, limpeza, etc.
  • Diversão: férias, desporto, saídas à noite, cinema, teatro, etc.
  • Despesas pessoais: cabeleireiro, cosméticos, SPA, etc.
  • Poupança: economizar para objectivos a longo prazo, etc.

 

 

Depois de determinar as categorias onde gasta o seu dinheiro divida-as em despesas essenciais e não essenciais. Para melhor organizar o seu orçamento poderá ainda repartir as despesas anuais pelos doze meses. Esta subdivisão permite-lhe ter noção do dinheiro que será necessário guardar todos os meses para efectuar o pagamento anual das despesas em questão.

 

Veja também:

 

Deixe o seu comentário

A sua opinião é importante: partilhe o seu comentário.

A sua opinião é importante: partilhe o seu comentário.

Enviar comentário