Publicidade:

Como criar uma loja virtual em 10 passos

Gostava de ter o seu negócio, ou dar uma nova energia ao que já possui? O mundo digital dá-lhe a resposta. Saiba como criar uma loja virtual.

Como criar uma loja virtual em 10 passos
Dar um nova alma ao negócio

A acessibilidade que o mundo digital oferece hoje em dia já o deve ter deixado a pensar em como é fácil ter um negócio próprio. Apesar de todas as facilidades, um negócio, sobretudo de comércio, é um negócio, e há que ter em consideração alguns aspectos. Saiba aqui como criar uma loja virtual, e pôr em prática as suas ideias.

Além da plataforma (site) e de todas as suas componentes técnicas, há que pensar em marketing, design, finanças e logística. Se já tem uma ideia em mente, ou se é uma maneira de dar um boost ao negócio físico, aprenda a trabalhá-la para ser bem-sucedido.

Como criar uma loja virtual em 10 passos

1. Pesquisa de mercado

como-criar-uma-loja-online

Ao iniciar uma pesquisa relativamente ao seu produto ou serviço, conheça algumas das ferramentas ligadas ao marketing digital. Vamos mencionar alguns exemplos ao longo desta lista, mas não deixe de ler sobre o assunto e de se manter a par de uma área que está constantemente a mudar.

Ao fazer a pesquisa de mercado, o mais importante é assegurar-se de que existe procura para o seu produto/serviço. Tem de descobrir quem vai ser o seu público-alvo, para a partir daqui tecer uma estratégia de marketing para promover o negócio e construir a estética do mesmo. Esta é a base de como criar uma loja virtual. Sem clientes, não há loja.

Faça imensas pesquisas online sobre o seu produto em sites, fóruns, redes sociais. Utilize ferramentas como o Google Insights para “medir” o interesse demonstrado. Ao mesmo tempo também tem de pesquisar por palavras-chave ou keywords. Quais são as palavras que as pessoas vão usar para encontrar o seu produto online? Pesquise por elas e analise o que aparece. Além de lhe dar uma overview do que é pretendido, pode analisar possível concorrência. O Keyword Planner do Google Adwords pode ajudar também.

2. Escolher e registar o domínio

ALT loja virtual

Agora chega a hora de escolher a casa, as quatro paredes online da sua loja. Para escolher o site na web convém seguir alguns pontos essenciais: evite dar uma nome muito básico, mas não caia na tentação de ser muito artístico. Lembre-se da importância das palavras-chave. Evite colocar o seu nome, e tente incluir o nome do produto, se possível. Trate de registar o domínio, na plataforma que escolher (por exemplo, WordPress, mas existem outros sites independentes onde pode fazê-lo). Deste modo o nome do site é seu e ninguém pode usá-lo mais. É uma decisão que vai ser benéfica e tem custos baixos.

3. Benchmarking

como-criar-uma-loja-online

À medida que vai tratando da parte técnica da loja virtual, continue a observar a concorrência. Registe o que vê de positivo e negativo, para poder diferenciar-se.

4. Expedição de produtos

ALT encomenda online

Este ponto é fundamental e não há limite de tempo ou atenção a dedicar-lhe durante o processo. Mais uma vez, observe a concorrência e pesquise online para encontrar e escolher o melhor sistema de expedição de produtos. Produtos atrasados, danificados na entrega ou extraviados são o pior pesadelo de qualquer loja. Faça também um estudo de mercado das melhores ofertas de transportadoras.

5. Tecnologia da loja e alojamento

como-criar-uma-loja-online

Tem de escolher a tecnologia (o software que permite escolher produtos, rever a escolha e pagar a encomenda) e o alojamento (Shopify, Etsy, Wix, entre outros). Novamente é importante pesquisar e analisar o que é oferecido. Quando seleciona estes serviços, veja o que eles oferecem relativamente ao que pode pagar: desde o limite de tráfego mensal ao tipo de resposta dada em caso de problemas. E não se esqueça de que o alojamento deve permitir o sistema de encriptação SSL (que garante a segurança nos pagamentos).

6. Descrição e apresentação dos produtos

como-criar-uma-loja-online

A parte dos conteúdos é muito importante. Estamos a falar da organização estética da loja virtual, aliada às informações que devem ser acessíveis. Organize categorias e subcategorias que sejam apropriadas ao produto/serviço. Pense também em organizar produtos por cor, tamanho, preços, e selecione as melhores imagens. Não se esqueça, claro, dos preços e de informação sobre portes de envio. Seja criativo nas descrições, pode ser uma oportunidade para fazer passar a sua imagem de marca.

7. Finanças

como-criar-uma-loja-online

Organize as suas finanças e crie uma conta bancária separada das suas contas pessoais, para o seu negócio. Se não tem, abra também uma conta de Paypal: é um dos métodos de pagamento online mais famosos e práticos.

8. Inspiração e-Commerce

como-criar-uma-loja-online

Organize bem o seu site: a parte da loja é o foco, mas não descure páginas tipo FAQs, informações de expedição, contactos, entre outras. Organize de forma a fazer sentido para um possível cliente. O design deve ser consistente e estruturado: quase como se fosse uma árvore de conteúdos. A partir da homepage, o cliente deve sentir que faz sentido ir de página em página e voltar ao início. Mantenha o preenchimento de dados intuitivo.

9. Testar o site e controlo de qualidade

como-criar-uma-loja-online

Antes de lançar faça testes, peça a amigos e familiares para experimentar e criticar. Teste os links, a compatibilidade de browsers, em desktop e mobile, etc. Não descure destes aspetos depois do lançamento. Basta uma falha para que um possível cliente abandone a compra e passe a um site concorrente.

10. Promover

como-criar-uma-loja-online

Depois da pesquisa de mercado, a promoção é o outro prato da balança de como criar uma loja virtual. Aqui entra novamente o marketing digital, a boa utilização de redes sociais, interação com possíveis clientes, parcerias. Pode publicar anúncios patrocinados no Facebook (os custos são acessíveis), usar o Google Adwords, ou trabalhar com empresas especializadas como agências.

Como criar uma loja virtual: conselhos

1. Incentive a que os clientes deixem feedback da experiência de compra;

2. Imagens de qualidade e de diferentes ângulos são muito importantes;

3. A velocidade do site é muito importante também;

4. As palavras são por vezes mais eficazes do que as imagens, num mundo em que a oferta é abundante. Use bem o texto que acompanha o produto;

5. O serviço de resposta e de apoio ao cliente tem de ser impecável.

Veja também:

Júlia Rocha Júlia Rocha

Licenciada em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto, sempre se deu bem com os livros, teclados de computador e canetas. A importância da palavra escrita num mundo tecnológico, aliada à história, ao cinema, literatura e televisão, são os seus maiores campos de interesse.