AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Como dizer ao patrão que cometeu um erro?

Ninguém gosta de errar, mas se isso acontecer o melhor que tem a fazer é assumir. Saiba como comunicar ao seu patrão que cometeu um erro. 
 

Como dizer ao patrão que cometeu um erro?
Omitir a responsabilidade pelos seus erros pode determinar o colapso da sua carreira.

Erros?! Todos (mesmo todos) os cometem e nem o trabalho escapa a esta pesarosa sina. Afinal, já diz o ditado “errar é humano”. A questão é que ninguém gosta de admitir que errou, principalmente no trabalho. Mas o grande problema não são os erros, mas sim a atitude que assume perante eles, especialmente perante o seu chefe. Quanto mais honesto for, maiores são as suas probabilidades de resolver rápida e eficazmente o problema e sair “ileso” da situação. Saiba como comunicar ao seu chefe que cometeu um erro.

5 Dicas para dizer ao seu patrão que cometeu um erro
Quer uma boa razão para não ocultar os erros do seu chefe? Nós damos. Uma simples e muito importante: pode pôr em causa o seu sucesso profissional e até custar-lhe o emprego. Pense bem. Se cometeu um erro e ele vai ter consequências para a empresa, quanto mais esperar para “abrir o jogo” pior será. Pode ser assustador, mas é a melhor solução. Aqui está a melhor forma dizer ao seu patrão que cometeu um erro.

1. Analise os danos
Antes de falar com o seu patrão trate de analisar o ponto de situação e fazer um levantamento dos possíveis danos que o seu erro já provocou ou ainda pode vir a provocar. Quanto mais informado estiver sobre o que aconteceu e o impacto que o seu erro pode vir a ter para a empresa, melhor. Desta forma mostra ao seu chefe que tem noção do erro, que está preocupado com as possíveis consequências e que está disposto a aprender com os seus erros.

2. Admita o erro
Não assumir responsabilidades pode arruinar-lhe a carreira. Pode não acreditar mas é verdade, até porque mais dia, menos dia a "verdade vem à tona". Admitir o erro é a única solução. Vai “doer”, mas quanto mais depressa o fizer melhor, visto que assim pode pôr mãos à obra e resolver o problema.

3. Seja direto
Nada de rodeios, eufemismos ou desculpas. Vá direto ao assunto, explique o sucedido ao seu chefe, assuma as responsabilidades pelo seu erro e – acima de tudo – deixe claro que não vai voltar a acontecer. A transparência total é a melhor forma de convencer o seu patrão de que está empenhado e não pretende cometer o mesmo erro duas vezes.

4. Apresente soluções
Juntamente com o levantamento dos danos que fez inicialmente, leve consigo um conjunto de possíveis soluções para resolver o problema e evitar situações futuras. Assim, além de humildade, mostra também que está pronto para controlar o problema.

5. Prepare-se para as consequências
Certo, assumiu o seu erro mas isso não inibe o facto de o ter cometido em primeiro lugar. E lá porque o admitiu não significa que saia impune. O seu erro pode vir a ter repercussões, portanto prepare-se para elas. Quanto mais não seja terá que voltar a conquistar a confiança do seu patrão.

Atenção redobrada
É certo que vai cometer erros ao longo da sua carreira, mas nada de entrar em pânico quando isso acontecer. Acima de tudo, é importante que aprenda com eles e que evolua enquanto profissional. E já agora, mesmo antes de errar seja cuidadoso e preste atenção aos detalhes. Essa é uma qualidade muito valorizada pelos empregadores e certamente vai ajudá-lo a evitar erros.