Como escolher ações de acordo com o seu perfil de risco?

O investimento direto em ações obriga ao conhecimento de diferentes tipologias. Ações de crescimento ou de valor. Small caps ou Big Caps. Domine as ações para acertar nos seus investimentos e adequar as suas escolhas ao seu perfil de risco

Como escolher ações de acordo com o seu perfil de risco?
Conheça algumas tipologias de ações
  • Invista de acordo com o seu perfil de risco;
  • Crescimento vs. Valor;
  • Small caps vs. Big Caps.

Espaços coworking para pequenas empresas e freelancers

Temos já escrito sobre o investimento em produtos arriscados e falámos sobre diversas variáveis e riscos a ter em conta de modo a construir uma carteira adequada ao seu perfil de risco.
 
A nossa preferência passa pelo investimento através de fundos de investimento, que possibilitam a diversificação dos riscos. No entanto, caso opte pelo investimento direto em ações, é essencial conhecer vários tipos de ações e suas características.
 

Crescimento vs. Valor:

Uma primeira grande distinção entre empresas consiste numa característica muito específica. Há empresas que existem há muitos anos, com um histórico de criação de valor e um negócio estável. Outra há que são recentes pelo que poderá existir mais incerteza quanto ao seu modelo de negócio e perspetivas futuras.
 
As empresas de Valor são adequadas para investidores com um perfil de risco menos agressivo. Por outro lado, as empresas de crescimento são ideais para aqueles que procuram elevado retorno pelo que estão dispostos a assumir mais riscos.
 

Big Caps vs. Small Caps:

Dois conceitos muito utilizados na terminologia dos mercados financeiros, distinguem as empresas pela sua capitalização bolsista – resulta da razão entre o preço das ações e o número de ações da empresa.
 
Em Portugal, estes dois níveis poderão ser:
  • Small Caps - Empresas com cotação até 1.000 milhões de euros;
  • Big Caps - Empresas com cotação superior a 1.000 milhões de euros.
 
A distinção destes dois níveis é essencial para perspetivar o nível de risco de cada investimento. As Small caps são ideias para os investidores com perfil de risco mais agressivo, sendo as Big Caps típicas em carteiras mais conservadoras.
 
Investir não é uma ciência e não devemos ser demasiado dogmáticos. Uma carteira pode conciliar diferentes classes de ativos e dentro da mesma classe diferentes tipologias. Nunca se esqueça da regra número um nos investimentos – Diversificação!
 
Leia também: