Como escolher um banco

Saiba que fatores deve ter em conta quando está a escolher um banco, e prepara-se para tomar a decisão correta com a nossa ajuda,

Como escolher um banco
Encontre o banco certo para si.

Se por razões óbvias não gosta de guardar o dinheiro debaixo do colchão precisa de escolher um banco, e ao tomar esta decisão existem alguns fatores que devem ser tidos em conta de modo a não se vir a arrepender da sua escolha. Neste artigo, olhamos para os fatores mais importantes.
 

5 fatores a avaliar ao escolher um banco

 

1. Vantagens

Cada banco tem as suas vantagens e desvantagens, e antes de mais nada deve avaliar qual lhe trará mais vantagens a si. Para saber qual o banco com melhores vantagens, deve primeiro ver qual o seu objetivo ao escolher um banco.

Procura apenas evitar guardar dinheiro no colchão? Procura taxas de juro atraentes para poupar? Se for estudante, por exemplo, beneficiará mais de um banco com melhores condições para estudantes.  

 

2. Qualidade do atendimento

O banco é onde você guarda o fruto do seu esforço e dedicação, é onde você guarda o seu ganha-pão. Convém ser um local com bom atendimento, com o qual você se sinta confortável, mesmo que seja para fazer questões que considere ridículas. Se achar que um banco não o vai atender quando precisar, mais vale riscá-lo da lista.

 

3. Legitimidade

Existem vários bancos em todo o mundo, mas nem todos são dignos da sua confiança. O melhor a fazer ao escolher um banco é jogar pelo seguro, e optar por um banco conhecido, de boa saúde financeira, e que exista há já vários anos. Afinal, se quisesse arriscar, guardaria o dinheiro na fronha da almofada.

 

4. Despesas

Quem não tem muito dinheiro convém não escolher um banco que traga muita despesa, seja por causa de cartões de crédito, despesas de manutenção, ou anuidades. Em alguns bancos é necessário um património relativamente elevado para evitar tais despesas, um luxo à distância de muitas pessoas.

As despesas que o banco faz não costumam ser muito grandes, mas aos poucos começam a pesar.

 

5. Acessibilidade

A maior parte das pessoas usa enquanto critério na escolha a localização geográfica do banco, mas esquecem-se de considerar a acessibilidade do mesmo através do website ou da aplicação para o smartphone. Hoje em dia estes fatores são importantes, pois poderá realizar várias operações sem ter de se deslocar ao banco, se este for acessível e seguro.

 

Não precisa de se casar com um único banco

Vários especialistas defendem que não nos devemos prender a um único banco, pois diferentes bancos podem oferecer diferentes vantagens, e pode ser benéfico não concentrar todo o seu dinheiro numa única instituição.
Esqueça os Depósitos a Prazo, invista onde há retorno >>
Veja também: