Como escolher um tablet?

Qual será o melhor para si? Tudo o que precisa de saber antes de escolher um tablet.

Como escolher um tablet?
Android, Apple ou Windows?

Existem dezenas de modelos de tablets disponíveis de vários fabricantes diferentes. Tanta oferta é bom mas, ao mesmo tempo, confuso e escolher um tablet pode revelar-se uma missão impossível. Com tanta oferta, é difícil saber se adapta melhor às suas necessidades. Siga as nossas dicas… e aprenda a escolher um tablet como um verdadeiro entendido!

5 passos para escolher um tablet

1. Precisa de um tablet? Para quê?

Será essencialmente para o trabalho? Para utilizar unicamente no escritório ou enquanto viaja? Vai usar na escola? Ou será apenas para uso doméstico? Se for apenas para navegar na internet, aceder ao e-mail ou assistir a filmes e outros conteúdos streaming, qualquer modelo, dos mais básicos, resolve.

Se precisa de escolher um tablet que faça muito mais do que isso… há várias questões a considerar. Qual é o melhor sistema operativo? Qual é o tamanho certo? Faça uma lista com um conjunto de características que precisa de preencher ao escolher um tablet.

2. iOS, Android ou Windows?

Uma das decisões mais importante passa pelo sistema operativo do seu futuro tablet. É aqui que reside a maior diferença entre os modelos disponíveis no mercado. Os iPads são preferíveis para quem já possui um iPhone ou um Mac pela enorme “familiaridade” que a Apple criou dentro do ecossistema da maçã.

Já o Android oferece uma maior variedade de apps gratuitas e também costuma surgir em tablets mais “amigos da carteira”.

O Windows tem procurado alcançar o nível do ecossistema da Apple e já tem conseguido almejar algumas metas bastante satisfatórias. Para além disso, possui uma boa organização e é verdadeiramente “user-friendly”.

3. Compare as características técnicas

Se optou pelo sistema operativo iOS a oferta, quando comparada com a concorrência, não é tão variada, já que é apenas a Apple que os disponibiliza. Se a sua escolha passa por um Android ou Windows, terá que comparar as características dos vários fabricantes.

Em qualquer um dos casos, tenha em atenção a duração da bateria, se é Wi-fi, 3G ou 4G e que custos têm associados, qual a capacidade de armazenamento, a velocidade de processamento, qualidade da câmara, se é frontal e traseira, etc. Dê um salto a alguns fóruns online e procure feedback.
Neste momento, a resolução mínima recomendada para um tablet de 7 ou 8 polegadas é Full HD.Se está à procura de um tablet maior, procure uma resolução… maior. Já no que diz respeito ao armazenamento, dentro do universo da Apple opte por um modelo com 128GB.

Se tiver escolhidos Android ou Windows, recomendamos que escolha algo com 32GB mas certifique-se que os tablets possuem um leitor de cartões SD.

4. Ponha as mãos na massa

Ainda que já tenha decidido que vai comprar o seu tablet online, passe por uma loja da especialidade para ver de perto e testar os equipamentos. Saber as medidas e peso não é o mesmo que pegar efetivamente no tablet escolhido. Assim, perceberá se precisa de um ecrã maior, ou de um mais pequeno para caber na carteira ou na mochila.

Talvez precise de um tablet mais robusto se, por exemplo, faz muito trabalho de campo. Ou então, dá-lhe mais jeito o mais fino e leve que existir. Testar os equipamentos é fundamental para perceber com qual se sente mais à vontade.

5. Orçamento

Defina um orçamento e seja fiel à sua decisão. Se pondera entre escolher um tablet mais caro ou um mais acessível, tenha o cuidado de confirmar que está a comparar a mesma coisa, tanto quanto ao sistema operativo como às restantes características.

 

Veja também: