Como fazer um jardim vertical

Tenha uma casa mais viva com um jardim vertical. Leve as suas plantas e flores preferidas, ou mesmo uma pequena horta, para dentro de casa.

Como fazer um jardim vertical
Tenha uma casa mais verde!

Os jardins verticais são cada vez mais uma realidade porque são uma forma simples e barata de levar a natureza para dentro de casa. Pode fazer um jardim vertical na parede da sala, na cozinha, na varanda ou mesmo no exterior para, por exemplo, cobrir uma parede feia ou para fazer uma divisão ou cerca. Seja qual for a razão, um jardim vertical fica muito bonito e a sua manutenção é muito simples.
 

Porquê ter um jardim vertical?

As plantas, não só melhoram a qualidade do ar (alguma plantas são purificadores naturais do ar, como as gerberas ou as heras), como deixam os espaços mais bonitos e acolhedores. 
 
São uma excelente opção para decorar a sua casa com pouco dinheiro. O truque é fazer você mesmo! Com um pouco de madeira ou mesmo garrafas de plástico tem um jardim vertical lindo!
 
Além disso,  se decidir plantar hortícolas, não só terá produtos mais frescos e saudáveis na sua dieta como poupa no supermercado.
 

Jardim vertical passo a passo

 

1.Espaço

Primeiro comece por escolher o local onde vai fazer o seu jardim vertical. Tenha especial atenção à exposição solar, ao clima, à área disponível e a humidade do espaço.
 

2. Plantas

Depois escolha o tipo de plantas que quer colocar no jardim vertical. Pode fazer mesmo um jardim com as suas flores e plantas preferidas ou, então, uma pequena horta onde pode plantar tomates, alface ou aromáticas. Têm que ser plantas próprias para o local. Se colocar num espaço com muita luz, plantas que preferem um ambiente mais sombrio, não vai correr bem!
 
Prefira plantas nativas e pequenas que não precisem de muito espaço para as raízes. Por exemplo, colocar uma flor de cera num jardim vertical é um erro uma vez que esta planta precisa de muito espaço para as raízes.
 
Escolha plantas que precisam do mesmo tipo de cuidado e exposição solar para simplificar a manutenção.


Veja também:  Como fazer um canteiro de ervas aromáticas em casa e poupar
 
 

3. Material

De seguida, é tempo de escolher o tipo de estrutura para colocar os vasos e plantas. Há várias opções no mercado mas também pode fazer a uma estrutura com algumas canas, por exemplo.
 
Para fazer um jardim vertical barato pode reutilizar garrafas plásticas de refrigerante, basta abrir um buraco no centro colocar terra, a planta escolhida e pendurar.
 
Se preferir algo mais tradicional, nas lojas de bricolage e jardinagem há várias estruturas em madeira, metal, plástico ou mesmo blocos de cimento para que possa colocar os vasos – prefira vasos meia lua nos dois primeiros.
 
Uma forma ainda mais simples é simplesmente prender os vasos diretamente na parede, fazendo uma espécie de degraus.
 

4. Cuidados

Seja qual for a opção escolhida, há sempre cuidados mínimos a ter para manter o seu jardim vertical saudável e bonito.
 
Tenha atenção à terra, não pode estar nem muito seca, nem muito húmida. Adube a terra com frequência para que as plantas tenham todos os nutrientes necessários para crescerem fortes e viçosas.
 
Se for possível, o ideal será ter um sistema de rega, com temporizador, montado no jardim vertical, para que assim as plantas sejam sempre regados na altura e quantidade certa. De outra forma, tenha muita atenção para não se esquecer de as cuidar – um lembrete no telemóvel é capaz de ajudar!
 
Veja também: