Como funciona a troca de casa para férias?

Já ouviu falar da troca de casa para férias? Esta é uma tendência em crescimento em Portugal, que permite fazer férias low-cost por todo o mundo.

Como funciona a troca de casa para férias?
Saiba como pode fazer parte desta nova moda.

Se quer poupar nas férias sem ter de se limitar a não ir a lado nenhum, a solução pode ser a troca de casa para férias, onde poderá trocar de casa com outras pessoas por um período de tempo limitado, de modo a poupar o que gastaria em alojamento, e a ter uma experiência completamente diferente.
 

Como funciona?

A troca de casa para férias funciona à base da confiança. Através de plataformas online pode disponibilizar a sua casa para que, temporariamente, a possa trocar com a de outras pessoas, dentro ou fora de Portugal.

O contacto é feito online, e graças a este tipo de permuta é possível vir a estar de férias em casas de luxo e em destinos exóticos, sem ir à falência. No entanto, é preciso sentir-se confortável com a ideia de ter outras pessoas a viver em sua casa.

Muitas vezes, a permuta estende-se além do imóvel, e acaba-se por se envolver o carro no meio para que ambos possuam meio de transporte.

 

Cuidados a ter

Apesar de se verem maioritariamente experiências positivas no que toca à troca de casa para férias, existe a possibilidade de algo não correr bem. O melhor é jogar pelo seguro, e ter alguns cuidados.
 

1. Conheça as pessoas com quem vai trocar de casa

Regra geral, quem procura esta oportunidade de férias low-cost são pessoas honestas que vão respeitar as suas coisas, tal como você deve respeitar as dos outros. No entanto, é sempre bom saber com quem se está a lidar e para tal deve comunicar bastante com potenciais parceiros de permuta.


2. Planeie com antecedência

Férias, low-cost ou não, precisam de ser cuidadosamente planeadas para que tudo corra bem, especialmente se sair do país. Planeando as suas férias com antecedência terá mais tempo para conhecer os outros turistas, para preparar a sua casa antes de a emprestar, e para fazer alguma pesquisa acerca da zona para onde vai.
 

3. Seja cuidadoso, mas acolhedor

Caso vá emprestar o seu carro, informe as autoridades locais que o vai fazer, e prepare um pequeno “guia” para os turistas que vão para sua casa, de modo a prevenir pequenos erros. Deverá indicar, por exemplo, o tipo de combustível do seu carro, informação sobre como utilizar os eletrodomésticos corretamente, etc. 
 

4. Faça por se sentir confortável

Este tipo de permuta de casas baseia-se na confiança, e se não se sentir confortável com a situação X ou Y deve informar outros turistas para evitar mal-entendidos. Afinal, não conseguirá descansar durante as férias se estiver preocupado com o que estão a fazer em sua casa.

 

Que sites pode utilizar?

Há vários sites feitos para a troca de casa para férias onde, por norma, terá de pagar uma anuidade de modo a poder inscrever-se e procurar oportunidades de permuta que sejam do seu interesse. Abaixo seguem alguns exemplos:

Veja também: