Como funciona o localizador GPS nos carros?

Um localizador GPS pode ser a melhor arma contra o furto, mas como funciona exatamente, e que vantagens traz?

Como funciona o localizador GPS nos carros?
Saiba como proteger o seu veículo

Com a ajuda da tecnologia podemos saber onde está qualquer pessoa a qualquer hora, graças à utilização de um localizador GPS. Esta maravilha tecnológica tem inúmeras vantagens e pode ser utilizada não só em carros, mas também para proteger outros bens e até mesmo para evitar o desaparecimento de crianças.
  Ainda vai a tempo de poupar 250€/ano no seu seguro auto! Saiba como aqui

Como funciona o localizador?

O localizador GPS funciona de forma bastante simples, e bastante complexa ao mesmo tempo. O sistema GPS funciona com uma rede de mais de 20 satélites que orbitam a Terra, e que dão informações ao localizador em tempo real para que possamos sempre saber onde ele está, protegendo assim o seu carro.

Cada satélite emite sinais que são recebidos e interpretados pelo localizador GPS. Um satélite não faz muito, mas os sinais de três ou quatro permitem-nos saber onde está o aparelho, a que velocidade segue e em que direção. 

É possível obter esta informação graças a um principio matemático chamado trilateração, que se baseia na comparação da distância do aparelho e dos satélites. Repetindo a equação várias vezes, o aparelho determina a sua localização no planeta, juntamente com toda a outra informação.

Todo este processo acontece em apenas frações de segundo graças à tecnologia presente no sistema. Alguns localizadores vão apenas receber informação e guardá-la ate que esta seja analisada, enquanto outros vão guardá-la e mostrá-la em tempo real a quem tiver acesso.

 

Que se faz num carro com um localizador GPS?

A resposta pode parecer óbvia: vê-se a localização do carro. Antigamente era apenas isso que se podia fazer mas, hoje em dia, com todos os avanços que foram feitos, já é possível fazer tudo e mais alguma coisa com um aparelho destes no carro. 

Pode-se até mesmo buzinar sem estar no carro com alguns dos modelos mais modernos. É uma excelente forma de assustar pessoas à noite, mas é provável melhor seja não o fazer.

Alguns usos mais práticos incluem não só a localização mas também trancar e destrancar portas, imobilizar o carro e desligar o motor, acionar o alarme, monitorizar o som no interior do veículo, e até o envio de alertas nas mais variadas situações, como a de excesso de velocidade.  Modelos com todas estas opções são mais caros, mas acabam por compensar pela proteção que dão.

Contra o carjacking, este tipo de aparelhos é o melhor que se pode ter, e existem até alguns programas de televisão americanos em que estes aparelhos são utilizados para apanhar ladrões de carros em flagrante.


Veja também: