Como investir em moeda estrangeira

O investimento em moeda estrangeira tem-se revelado cada vez mais popular. Conheça algumas regras e dicas sobre como investir em moeda estrangeira e ganhar dinheiro.

Como investir em moeda estrangeira
Olhe para o mercado cambial como elemento diversificador!

O investimento em moeda estrangeira tem ganho muitos adeptos nos últimos anos. As preocupações inerentes a um eventual colapso do Euro e a busca por proteção do património têm levado muitas famílias a considerar trocar os seus Euros por moeda estrangeira, como o dólar dos EUA ou o Franco suíço.

Sendo certo que o investimento em câmbios pode dar bom resultado, é uma tarefa que exige muito conhecimento e uma análise cuidada. Deixamos algumas dicas para quem quer investir em moeda estrangeira.


TOME NOTA:
A compra e venda de moeda pode trazer bons resultados. Sendo um investimento complexo, deverá ter algumas cautelas e seguir algumas regras. Não se esqueça de diversificar os riscos do seu investimento.

1. Não assuma muito risco!

O investimento em moeda estrangeira deverá pesar no máximo 10% da sua carteira de modo a não assumir demasiado risco.


2. Escolha duas ou três moedas distintas

De modo a diversificar o seu risco por vários ativos, sugerimos que escolha duas ou três moedas de referência para estudar e aprofundar o seu conhecimento. A sugestão passa pelas moedas com maior visibilidade, como o dólar dos EUA, o franco suíço ou a libra. Depois de perceber as variáveis que afetam o valor dos câmbios, escolha uma moeda e faça o seu investimento.


Defina limites!

Sendo um investimento que requer conhecimentos mais avançados, sugerimos que defina limites para estancar eventuais perdas. Por exemplo, defina que caso esteja a perder 10% deverá vender o seu investimento. Naturalmente que ninguém gosta de perder dinheiro mas por vezes é necessário assumir os erros e recomeçar.


Escolha uma boa plataforma de transação

Os seus investimentos em moeda deverão ser realizados num banco que lhe permita ter uma grande abrangência de escolha. Neste contexto, os supermercados de fundos (BancoBig ou BancoBest) costumam representar boas alternativas para o seu património, uma vez que possibilitam comprar inúmeros ativos com grande rapidez, segurança e custo baixo.


Porque não comprar fundos de investimento em moeda estrangeira?

Na sua política de diversificação de risco, poderá fazer sentido subscrever fundos de investimento em ações ou obrigações que sejam cotados em moeda distinta. Por exemplo, se quiser apostar em dólares e em ações porque não comprar um fundo de investimento em ações cotado em dólares?


Um último conselho:

Uma última ideia que importa reter quando falamos no investimento em moeda. A forma mais acertada de investir neste ativo passa por olhá-lo como um elemento diversificador de risco. Para investidores que fazem as suas compras em euros, o dólar norte-americano representa um bom elemento diversificador.


Leia também: