AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Como me despedir? 5 dicas

Está farto do seu emprego e quer despedir-se? Arranjou um emprego melhor? Quer romper com tudo e mudar de vida? Então leia este artigo e saiba as cinco dicas para se despedir.

Como me despedir? 5 dicas
Saiba o que deve e não deve fazer na altura de se despedir
  • Na altura de se despedir, a conversa com a empresa é sempre o mais difícil

Preparado para uma nova aventura profissional?

O mais comum hoje em dia não é as pessoas despedirem-se, mas sim serem despedidas. Infelizmente, a crise veio agravar o desemprego e lançar para fora dos seus postos de trabalho milhares de portugueses. Ainda assim, há quem consiga trocar de emprego, emigrar para condições melhores ou aventurar-se em novas paragens. Quando chega a altura de se despedir, já pensou como se poderá despedir? Pode ser um processo simples ou mais complicado. Tudo depende de situação para situação. Neste artigo, poderá encontrar 5 dicas para se despedir da melhor forma.
 

5 dicas para se despedir

 

1. Não comente com ninguém

Quando tomar a decisão de se despedir do seu emprego, não comente com ninguém, mesmo que confie. Antes de falar com a entidade empregadora, não deve abordar o tema ou começar a divulgar. São coisas que mesmo involuntariamente se espalham rapidamente e poderão causar moça, inclusive se chegaram aos ouvidos do patrão antes do tempo devido.
 

2. Faça a carta de despedimento

O mais difícil na altura de se despedir, é sempre a conversa que vai ter com a entidade empregadora. Quando o fizer, leve uma cópia da carta de despedimento que já deve ter sido enviada previamente. Faça todo o processo conforme manda a lei. Um conselho: fale com o seu chefe antes da empresa receber a carta de despedimento. É sempre preferível ele saber por si ao invés de saber através de uma carta.
 

3. Esteja preparado para uma contra proposta

Quando partir para o anúncio do seu despedimento, nunca saberá o que poderá estar do outro lado. Há situações em que corre tudo de forma pacífica, mas é fundamental que esteja preparado para que a empresa tente que fique. Nestes casos pode surgir uma contra proposta, um aumento de regalias, um pedido para ficar. Se tiver a sua decisão firme, não ceda
 

4. Reúna contactos e informação

Antes de fazer saber a sua decisão, vá preparando a sua saída. Reúna todos os contactos possíveis, o máximo que conseguir e leve consigo a informação mais pertinente e que achar que possa ser útil futuramente.
 

5. Informe-se sobre aquilo a que tem direito

Quando alguém se despede por iniciativa própria, não terá direito a indemnização ou a grande parte das regalias associadas a um despedimento por parte da empresa, como por exemplo o subsídio de desemprego. No entanto, informe-se bem sobre aquilo a que tem direito e saiba exactamente quanto tem de receber, nomeadamente subsídios de férias ou subsídios de natal.
Faça mais pela sua carreira  
Veja também: