Como não ficar doente nas férias

Só os sortudos nunca ficaram doentes durante as férias – quer seja uma constipação ou um qualquer problema digestivo, estas situações são mais que comuns. 

Como não ficar doente nas férias
Nunca mais fique doente durante os seus dias de descanso

Quando se vai de férias todos queremos que tudo corra bem. No que toca à saúde mais vale prevenir do que remediar e, nesse sentido, siga estes conselhos simples para não ficar doente nas férias.


5 dicas úteis para não ficar doente nas férias


Use a abuse do soro fisiológico

As células que revestem o interior do nariz têm pêlos cuja função é proteger dos micróbios. Contudo, quando esta zona está muito seca, o nariz fica automaticamente mais exposto. Não ficar doente nas férias é menos comum do que se possa pensar. Os ambientes secos e/ou quentes podem diminuir a humidade das narinas e criar problemas respiratórios, assim como podem deixá-las expostas a mais germes e micróbios. Evite estas situações e aplique soro fisiológico para facilitar a respiração.



Alie-se ao magnésio

O magnésio é perigoso: vá estando atento aos seus níveis, pois a falta de magnésio pode originar cãibras, enxaquecas, stress… tudo o que não se quer durante as férias, portanto. Uma solução é tomar 400 miligramas de citrato de magnésio nos primeiros dias de viagem. Este pode ajudá-lo a ter uma boa noite de sono e auxiliará o intestino a funcionar, evitando o inchaço e a má disposição.
 


Fique longe da água da torneira

Evite beber água da torneira fora de casa, especialmente se viajar para um país tropical: é a melhor fonte de problemas de estômago e diarreia durante as férias.



Marque uma consulta antes de ir

Os intestinos são um dos órgãos mais afetados por doenças nas férias. Antes de sair em viagem consulte o seu médico para perceber se o seu destino merece cuidados especiais no que ao sistema gastro-intestinal diz respeito. Não salte este ponto e verá que é mais fácil não ficar doente nas férias.
 


Não ignore o seu relógio biológico

Não, não estamos a falar do relógio biológico feminino que se ouve quando as mulheres começam a querer filhos. Estamos a falar do relógio natural do seu corpo, que fica afetado com as horas de avião que obrigam a saltar uma refeição, por exemplo.

Veja também: