Como poupar água

Com a crise que se instalou nos últimos anos, os portugueses aprenderam a poupar nas mais diversas áreas. Saiba também como poupar água nos dias que correm.

Como poupar água
Saiba alguns truques para poupar água
  • Há pequenos gestos diários que nos ajudam a poupar muito no final do mês

Um das formas de poupar no dia-a-dia é sem dúvida no consumo de água. Quase todos nós gastamos água desnecessariamente todos os dias sem sequer nos apercebermos disso. O problema chega no fim do mês, quando os valores das contas são mais altos do que deveriam. Descubra algumas dicas para aprender a poupar água.

O rombo que a crise veio trazer ao orçamento familiar dos portugueses, fez com que cada um de nós aprendesse técnicas de poupança aplicáveis às mais diversas áreas. Seja nas férias, nas prestações dos créditos, na roupa ou no mais ínfimo pormenor diário, é certo que esta aprendizagem na poupança é algo que marcará de forma intrínseca os portugueses.
 

14 dicas para poupar água

 

Na casa de banho:

1. Feche a torneira enquanto não está a utilizar a água
Todos nós desde pequenos já ouvimos esta dica. Fechar a torneira enquanto se está a lavar os dentes ou a enxaguar o cabelo, por exemplo, é algo que nos ensinaram desde sempre mas que pouca gente faz. Mas a verdade é que este pequeno gesto aplicado diariamente, ao final do mês pode significar que conseguiu poupar água suficiente para beber durante uns dias.

2. Opte pelo duche
Um banho de imersão é sempre uma coisa boa e relaxante, mas onde o consumo de água é muito superior ao de um duche normal. Opte por reduzir os banhos de imersão e por utilizar mais vezes o duche. Para quem não sabe, um duche consome entre 30 a 80 Litros de água, ao contrário de um banho de imersão/banheira que pode atingir os 200 litros de água.

3. Aproveite a água do chuveiro
Há poucas pessoas que utilizam este truque, mas acredite que é um dos mais eficazes na poupança de água. Enquanto espera que a água aqueça no duche, são desperdiçados alguns litros de água. Se em cada duche aproveitar essa água, conseguirá reutilizá-la para o autoclismo ou outros fins. Faça a experiência.

4. Não use a sanita como caixote do lixo
Se tem por hábito usar a sanita como caixote do lixo ou cinzeiro, saiba que cada vez que descarrega o autoclismo está a gastar vários litros de água, apenas para se ver livre de algum lixo.

5. Trate do seu autoclismo
Com o autoclismo podemos poupar água suficiente para reduzir significativamente a conta ao final do mês. Primeiro, tem que verificar se tem fugas de água. Para tal, coloque corante na água e, se vir água colorida na sanita sem puxar o autoclismo, está na altura de tratar dessas fugas rebeldes.

De seguida, coloque uma garrafa cheia de pedras no autoclismo para reduzir o volume que vai em cada descarga, equivalente à capacidade da garrafa que colocar.

6. Instale um compressor redutor de caudal
Todos temos em casa umas torneia cheia de raiva que faz do desperdício de água a norma. Para resolver o problema, instale um compressor redutor de caudal, que vai reduzir o desperdício em cerca de 50%. Se possível faça-o a todas as torneiras, e com este pequeno passo vai poupar água como um verdadeiro herói.

 
Proteja-se como consumidor - saiba como e onde pouparComeçar a poupar

Na cozinha:

7. Tenha atenção às máquinas
Na cozinha o que mais consome água são as máquinas, seja a de lavar loiça ou a de lavar roupa. Nesse sentido, tente fazer máquinas apenas quando estas tiverem a carga completa. Hoje em dia também já existem máquinas que têm a opção de meia carga, de forma investir na poupança.

8. Não tenha água a pingar
Ter canos ou torneiras a pingar é uma das principais fontes de desperdício de água. Um pingo pode parecer mínimo, mas ao final de uma semana essas gotas podem chegar a encher uma banheira. Vigie sempre as suas canalizações e torneiras e tente resolver o problema das que não estão bem.

9. Use apenas a água que precisa
Quando vai cozer ovos, por exemplo, não precisa de encher a panela de água. Isto não só o vai obrigar a gastar mais gás ou eletricidade enquanto espera que a água ferva, como também é um desperdício. O mesmo acontece em inúmeras situações, e deve evitar este tipo de desperdícios para poupar água.

10. Não descongele comida em água a correr
Se descongela comida com água a correr para cima dela, pare de o fazer. Isto não só desperdiça água de forma irresponsável, como também pode ser um perigo à sua saúde. De acordo com as regras de higiene e segurança, a comida deve ser descongelada no frigorífico.

 

No jardim:

11. Não limpe as folhas com a mangueira
No jardim, a água deve servir apenas para lavar e não para varrer. Muitas pessoas utilizam a pressão do jato de água para varrer as folhas e outros objetos sem perceberem com isso que estão a gastar muito mais água do que é suposto. Para este tipo de limpezas, utilize a vassoura.

12. Regue o jardim a horas específicas
Se regar o jardim nas horas de maior calor, parte da água que está a ser utilizada será evaporada, o que a tornará completamente inutilizada. Opte por regar o seu jardim logo de manhã ou ao final do dia. Lembre-se também que não são precisas grandes quantidades de água, uma vez que as plantas não têm capacidade de absorver tudo ao mesmo tempo.

13. Poupe ao lavar o carro
Não seja como os outros, e não lave o carro com uma mangueira. Isto não só desperdiça água como deixa o carro mal lavado. Um balde de água, uma esponja e algum sabão acabam por resultar numa forma de poupar água e lavar melhor o carro, mesmo que encha o balde várias vezes.

14. Reutilize água para regar as plantas
Se usou alguma água apenas para cozer uns legumes ou ovos, esta água está perfeitamente boa para regar as plantas. De fato, ao ferver a água, até a esteve a purificar, logo as plantas agradecem. Certifique-se, no entanto, que deixa a água arrefecer para não cozer as pobres das plantas.
Comece já a poupar o seu orçamento de gastos inúteis >>
Veja também: