Como poupar em comunicações

As despesas com as telecomunicações são uma nova realidade que tende a assumir um peso crescente e excessivo orçamento familiar. Consiga poupar em comunicações com as nossas dicas.

Como poupar em comunicações
As nossas dicas de poupança com telefones e internet

De acordo com as estatísticas, em média cada português tem dois números de telemóvel, sem falar ainda nos telefones fixos, internet, e por aí fora. Estas comunicações não saem baratas e podem até vir a representar uma parte maioritária no orçamento de muitas famílias. Para saber como poupar em comunicações, sem ficar incontactável, reunimos para si algumas sugestões.
 

10 dicas para poupar nas comunicações

 

1. Encontre um pacote adequado

 Procure sempre os pacotes a preços mais baixos. Devido à forte concorrência exercida pelas operadoras de telecomunicações móveis consegue facilmente encontrar um plano de preços adaptado ao seu perfil de utilizador e ainda beneficiar de outras vantagens que são regularmente apresentadas por estas empresas, conseguindo poupar em comunicações.

Apesar de ter opção de fugir à fidelização, esta pode vir a ser uma boa opção, pois apesar de ter de se “casar” com uma operadora, a mensalidade costuma ficar mais barata ao longo desse tempo. Tenha atenção que, estando fidelizado, terá de pagar caso queira mudar de operadora sem ter acabado o período de fidelização – é um compromisso que faz com a operadora.

 

2. Faça simulações

Para comparar as ofertas que há no mercado, a Anacom disponibiliza um simulador, COM.escolha, que permite comparar os diferentes pacotes do mercado, simular consumos, e descobrir o mais adequado ao seu perfil. Pode até combinar vários serviços para ver qual o melhor para si.

 

3. Tenha atenção aos limites

Quanto aos telemóveis, depois de encontrar o tarifário ideal para si, tenha atenção aos limites do mesmo. Apesar de existirem inúmeros tarifários com mensagens e chamadas grátis, é preciso controlar os limites dos mesmos, sem esquecermos a utilização de dados móveis. Passar os limites implica um extra, que não vai querer pagar.

 

4. Mantenha-se a par de novas ofertas

A forte concorrência entre operadoras dá, muitas vezes, lugar a novos pacotes que lhe podem ser mais benéficos de acordo com o seu perfil. Mesmo estando fidelizado pode trocar de pacote com a mesma operadora, se vir que isto o ajuda a poupar em comunicações.

 

5. Cancele serviços adicionais

Em comunicações é possível ter pequenos luxos, como mais internet no telemóvel, que implicam custos extra. Para poupar em comunicações, é boa ideia cancelar estes extras, pois apesar de serem úteis, os planos das operadoras costumam incluir tudo aquilo de que precisamos, desde que tenhamos atenção e cuidado.

Quanto à internet, por exemplo, não deve subscrever um tarifário com uma mensalidade elevada, para poder usufruir de um plafond alto se apenas precisa de aceder à internet pontualmente.

Deve, também, ter cuidado com serviços adicionais como apps que precisam de ser pagas, ou jogos freemium a que não consegue resistir. Em tempos difíceis todos os euros contam, e em termos de essenciais costumam haver sempre alternativa a custo zero.

 

6. Não faças downloads através de dados móveis

Sempre que tiver de atualizar uma aplicação, de fazer o download de uma nova ou de um documento, sempre que possível faça-o através da Wi-Fi e não dos dados móveis, para não os estar a gastar. Dependendo do seu plafond, deve também ter atenção a fotografias e vídeos.

 

7. Negoceie

Se não estiver fidelizado pode analisar o que há no mercado e usar essa informação para negociar com a sua operadora, pois mesmo que lhe seja recusada a opção de negociar pode ainda trocar para uma operadora que tenha um serviço mais indicado ao seu perfil a um preço mais acessível. Tenha atenção, no entanto, pois ao negociar pode vir a ter de se voltar a fidelizar.

 

8. Comunique pela internet

Com consumos ilimitados na internet lá de casa, compensa comunicar através de aplicações como o Skype, o Facebook, o Viber ou o WhatsApp, pois assim poupa nas SMS e nas chamadas. Alguns tarifários fazem com que não gaste dados em algumas aplicações, o que ajuda a poupar em comunicações com o uso da internet.

 

9. Analise as promoções que há

Entre as operadoras é sempre possível encontrar uma ou outra promoção que o vai ajudar a poupar em comunicações, tendo de qualquer modo um serviço de alta qualidade. O mais provável é encontrar promoções de igual duração ao período de fidelização, o que implica ter de fazer o compromisso. Deve estar atento às condições e informar-se bem.

 

10. Analise a fatura

Por vezes pode estar a cometer erros face ao seu tarifário, sem sequer se aperceber. É importante olhar para a fatura e perceber se está a pagar mais do que devia por cometer erros e informar-se acerca do modo como funciona o seu tarifário, ao que tem direito e ao que tem de pagar mais para ter direito.

Quem se encontra numa situação de crise financeira e tem como objetivo poupar dinheiro, eliminando algumas despesas não essenciais, deve ter em atenção que estas pequenas coisas custam dinheiro, por mais insignificantes que possam parecer. Lembre-se que, por exemplo, o dinheiro gasto em serviços extra no telemóvel poderá muitas vezes equivaler ao valor de saldo que necessita para poder efetuar comunicações.


Veja também: