Como poupar energia no frigorífico

Responsável por cerca de 30% do consumo de eletricidade em casa, aprenda a poupar energia no frigorífico já hoje com alguns gestos simples. 

Como poupar energia no frigorífico
7 dicas para uma conta de eletricidade mais pequena

O frigorífico é um eletrodoméstico essencial em qualquer cozinha. Importa, por isso, saber como poupar energia no frigorífico de forma simples e imediata, para que no fim do mês a fatura seja mais leve.
 

Frigorífico otimizado, frigorífico poupado


Invista num equipamento de classe energética superior

Tal como na aquisição de uma máquina de lavar roupa ou loiça, também ao comprar um frigorífico devemos ter em conta a sua classe energética. Tratando-se de um investimento incial mais avultado, a compra de um equipamento com etiqueta entre A+ e A+++ vai permitir-lhe, no entanto, poupar energia e dinheiro mal o ligue à tomada.
 


Acomode-o no local certo

Afaste o equipamento de fontes de calor como o forno ou fogão, mantendo-o longe da exposição direta ao sol e, pelo menos, 10 cm afastado da parede. Uma melhor ventilação vai permitir poupar energia no frigorífico.
 


Mais é mais

Um frigorífico cheio é mais eficiente que um vazio. Isto acontece porque os alimentos retêm melhor o frio do que o ar existente no aparelho por isso, quanto mais cheio estiver o frigorífico, melhor. No entanto, procure acondicionar bem os alimentos evitando empilhá-los; encher o frigorífico em excesso não permite que o frio circule, o que torna a distribuição da temperatura pouco uniforme.


Veja também: As 11 melhores dicas de poupança amigas da sua carteira
 


Atenção às aberturas de porta

Abrir a porta muitas vezes durante pouco tempo, ou uma vez só por um período mais longo? Esta última forma é a que permite poupar mais energia no frigorífico. Evite as aberturas de porta ao máximo, é preferível tirar tudo de uma vez ou colocar, de uma assentada, todas as compras no frigorífico e deixar a porta aberta por mais tempo. Por cada vez que abrir a porta do frigorífico durante 10 segundos está a aumentar o consumo energético entre 0,2 a 0,8%. E, é claro, não se esqueça de verificar se ela fica bem fechada.
 


Não coloque alimentos ainda quentes no frio

Para além de saber o que não deve guardar no frigorífico, é importante não colocar alimentos ainda quentes no frio. Deixe que estes arrefeçam antes de os guardar, evitando fazer com que o aparelho trabalhe mais para baixar a sua temperatura. Guardar alimentos ainda quentes no frigorífico provoca um aumento de 10 a 15% do consumo diário de energia.
 


Acerte no termostato

De forma a poupar energia no frigorífico, este deve estar a uma temperatura entre 3º e 5º (no Inverno coloque-o mais próximo dos 5º). Definir a temperatura do seu aparelho para um valor inferior a 3º só vai fazer com que o consumo de energia aumente desnecessariamente, não havendo qualquer diferença em termos de conservação dos alimentos.
 


Vai de férias? Desligue o frigorífico

Por último, se se ausentar por mais de 5 dias, esvazie o aparelho e desligue-o, de modo a poupar energia no frigorífico. E, quando regressar, pode sempre aproveitar para fazer uma limpeza a fundo de forma simples e eficaz!



Veja também: