Como poupar na alimentação

Poupar na alimentação não implica ter uma deita menos saudável, muito pelo contrário. Neste artigo, temos algumas dicas que o podem ajudar.

Como poupar na alimentação
Não precisa de uma carteira vazia para ter a barriga cheia.

Se há coisa que não podemos cortar do orçamento é a comida, e por vezes grande parte do ordenado vai para encher a barriga. No entanto, é possível poupar na alimentação, enquanto se tem também uma dieta saudável que pode também ajudar a ter mais energia -  que pode usar aproveitar as férias que vai pagar com o que poupa.
 

8 Dicas para poupar na comida e nas calorias

 

1. Diga não a refeições pré-congeladas

É fácil comprar uma refeição pré-congelada, chegar a casa, metê-la no micro-ondas e atacá-la com o garfo, mas a verdade é que estas refeições não são nem muito saudáveis nem económicas. Como alternativa, pode cozinhar em maior quantidade para depois congelar e comer mais tarde. Vai notar a diferença tanto no sabor como na carteira.

 

2. Coma o pequeno-almoço em casa

Ir a uma pastelaria comer um bolo não só é uma má forma de começar o dia, como também não é a mais barata. Pode poupar na alimentação ao comer o pequeno-almoço em casa, ao trocar o bolo por uma sandes ou uma tigela de cereais e uma peça de fruta.

 

3. Leve comida de casa para o trabalho

Está na moda levar uma marmita cheia de comida caseira para o trabalho, pois esta é uma opção saudável e económica que, dependendo do cozinheiro, pode também ser deliciosa. Ao fazer a comida em casa pode até decidir o que come ao almoço e ao lanche, o que permite optar por alternativas saudáveis, e ajuda a evitar cair na tentação de comprar doces ou guloseimas.

 

4. Compre produtos de marca branca

Um produto de marca é indubitavelmente de qualidade, mas muitas vezes um produto de marca branca não fica atrás. A grande diferença é que um produto de marca branca pode ser adquirido por uma fração do preço de um de marca.

 

5. Privilegie sopa, fruta e legumes

A sopa, a fruta, e os legumes são excelentes para poupar na alimentação, pois além de serem baratos e saborosos, estão também cheios de nutrientes e não de calorias, o que nos ajuda a ter uma vida mais saudável. Além disso, é possível usar fruta para fazer doces caseiros que podem servir de prendas – assim poupa ainda mais.

 

6. Beba água em vez de refrigerantes

A água hidrata, ajuda-o a absorver nutrientes, a perder peso, desintoxica o corpo e deixa a pele mais bonita. Por outro lado, os refrigerantes estão cheios de açúcar e outros ingredientes que não nos fazem nada bem. Como se esta diferença não fosse suficiente, os refrigerantes fazem também mal à carteira, pois são mais caros.

 

7. Aprenda receitas novas

Pode também poupar na alimentação ao evitar o desperdício alimentar e ao substituir alguns ingredientes ao cozinhar. Se lhe faltar imaginação, existem dezenas de sites e blogues que o ajudam a poupar ao cozinhar dando-lhe ideias de receitas que não fazem a sua carteira chorar.

 

8. Consuma produtos fora da data preferencial

A data de consumo preferencial é indicativa de qualidade máxima, ou seja, não quer dizer que o produto esteja estragado após essa data, para além de serem mais económicos. Na GoodAfter.com encontra produtos seguros e a preços bastante inferiores, com reduções até 70%

Veja também: