Como poupar nas comissões bancárias

Saiba como poupar nas comissões bancárias. Dicas para baixar as despesas inerentes à sua conta bancária, reduzindo, ou até eliminando, algumas comissões.

Como poupar nas comissões bancárias
Alguns conselhos para evitar as tão indesejadas comissões

A oferta que as entidades bancárias disponibilizam, em termos de contas, aos seus clientes é cada vez mais variada, mas há algo a que nunca pode escapar na totalidade, as comissões bancárias. Entre o conjunto de comissões existentes destacam-se as de manutenção de conta, anuidade dos cartões de débito/crédito ou as comissões sobre transferências. Nos últimos anos o valor aplicado nas comissões tem vindo a aumentar, mas é possível poupar nas comissões.
 

6 Dicas para poupar nas comissões bancárias

 
1. Opte pela conta ordenado – Se domiciliar o seu ordenado numa instituição bancária deverá conseguir ficar isento do pagamento de algumas comissões, como, por exemplo, a de gestão de conta. No entanto, em alguns bancos isso implica ter um saldo médio mensal mínimo;
 
2. Utilize o homebanking – Ao utilizar a internet para efetuar algumas das suas operações, como fazer transferências bancárias, vai alcançar uma boa poupança. Isto porque, a maioria dos bancos reduz ou isenta algumas das comissões bancárias aplicáveis usando o homebanking em detrimento da deslocação aos balcões;
 
3. Pesquise cartões sem anuidade – Se analisar atentamente todas as propostas dos bancos certamente encontrará um cartão sem anuidade ou uma anuidade reduzida;
 
4. Contas especiais – Os jovens e/ou estudantes, pensionistas ou emigrantes têm, habitualmente, disponíveis contas especiais com vantagens e comissões mais baixas comparativamente com outro tipo de contas. Se for o seu caso faça uma pesquisa e encontra as melhores opções para si;
 
5. Património financeiro – Se puder, use a “força” do seu património financeiro para conseguir a isenção da cobrança de comissão de manutenção. Normalmente, quanto maior for o património financeiro dos clientes, menor será a comissão bancária cobrada podendo até chegar à sua isenção;
 
6. Consolidar produtos financeiros – Prefira ter todos os produtos num só banco em vez de optar por muitas contas bancárias. Ao fazê-lo terá menos custos de comissões bancárias. Ou seja, escolha uma instituição bancária e consolide todos os seus produtos financeiros.
 
Veja também: