Como poupar nos sacos do lixo

Para poder poupar nos sacos do lixo precisa apenas de fazer algumas alterações à forma como os trata. Vai ver que não custa nada.

Como poupar nos sacos do lixo
Até com o lixo pode poupar

Agora que os sacos custam 10 cêntimos no supermercado, existe mais uma despesa lá em casa: os sacos do lixo.  Esta nova despesa não leva ninguém à falência mas que pode fazer mossa num orçamento, pode. É possível, no entanto, poupar nos sacos do lixo com alguns truques e originalidade.
 

4 soluções para reduzir a despesa em sacos do lixo

 

1. Separe o lixo seco inorgânico

Desperdícios domésticos secos inorgânicos, como caixas de cereais, papéis,  embalagens e afins não precisam e ir para o mesmo saco do lixo que outras coisas. Assim, podemos utilizar um saco exclusivamente para o lixo seco e, como este não tem tanta tendência a criar bactérias, podemos reutilizar o saco usado para o lixo seco.

Assim, podemos poupar nos sacos do lixo ao não gastar tantos daqueles que compramos. Se utilizarmos o saco apenas para caixas ou papéis, podemos até usá-lo para coisas recicláveis.

 

2. Utilize os sacos da fruta e dos legumes

Se achava que no supermercado não tinha sacos de graça, estava enganado. Os sacos que utiliza para a fruta e legumes não custam nada, e pode levar quantos quiser.  Atenção, isto não quer dizer que deve ir ao supermercado levar o maior número de sacos que conseguir.

Coma mais fruta e legumes, levando assim mais sacos e tendo uma alimentação mais saudável. Podem ser pequenos, mas ajudam a poupar nos sacos do lixo.

 

3. Economize o espaço de cada saco

Cada saco tem uma determinada capacidade, e esta tem de ser aproveitada ao máximo se queremos poupar nos sacos do lixo. À medida que vai enchendo o saco, pressione o seu interior para se ver livre do espaço ocupado pelo ar no meio do lixo - não quer perder dinheiro por causa de ar.

Da mesma forma que pressiona para não ter ar a ocupar capacidade preciosa, não quer também ar no meio de caixas e embalagens. Sempre que as colocar certifique-se que vão bem esmagadas e compactas. No que toca a sacos do lixo o espaço é precioso.

 

4. Reutilize para reduzir o lixo produzido

Há muitas coisas que deitamos para o lixo que podem ser reutilizadas. Há várias embalagens que podem ser reutilizadas, e com alguma originalidade os restos de comida podem ser convertidos em novos pratos.

Assim estará não só a poupar no consumo de sacos do lixo, como estará a ser amigo do ambiente ao reduzir a produção de lixo. Além disso, ao reutilizar comida e embalagens está a poupar ao não ter de comprar mais – são só vantagens.

Água e Luz: 50% de Desconto em 3 meses >>
Veja também: