Como poupar num casamento

Casar não é barato, mas é possível poupar num casamento e ter um dia de sonho sem grandes dores de cabeça. Saiba como, com as nossas dicas

Como poupar num casamento
Veja os nossos conselhos para organizar um casamento mais económico, mas não menos especial.

Casar continua a estar na moda e apesar das estatísticas não nos oferecerem dados muito favoráveis, o grande dia continua a ser desejado por muitos e inevitavelmente acaba por ser realizado. Mas os sonhos têm preços, e este não fica nada barato. Como em tudo há formas de poupar num casamento, e nós estamos aqui para o ajudar a fazê-lo. Deixamos aqui algumas dicas que não pode perder:
 

15 dicas simples para poupar num casamento

 

1. Faça um orçamento

Faça um orçamento para o seu casamento e, acima de tudo, cumpra-o! Antes de tomar qualquer tipo de decisão deve sempre consultar o orçamento para ver se consegue casar-se sem ir à falência.

 

2. Convide apenas pessoas próximas

Se a intenção é poupar, limite os convites somente às pessoas que realmente lhe são próximas e que faz questão de ver presentes no seu dia. Convidar pessoas apenas porque sim não só é uma excelente forma de queimar dinheiro, como também pode vir a tornar-se complicado.

  

3. Não tenha pressa

Não vale a pena casar-se a correr. Se vai realmente passar o resto da sua vida com a pessoa, então pode planear com cuidado o casamento, tendo assim tempo para fazer os trabalhos de casa e ver como o pode fazer por menos: que empresas de catering levam menos, onde arranjar decoração barata, onde o fazer, etc. Devagar consegue poupar num casamento sem ter de sofrer por causa do stress.

 

4. Poupe no bolo

 O bolo é uma das despesas exorbitantes num casamento, e fica à vista o que acontece no final, sobra sempre imenso bolo. Escolha um bolo mais modesto, fugindo aos tradicionais andares, faça os possíveis para o tornar original (através da decoração, por exemplo), e vai ver que ninguém dá por isso. Os noivos têm tendência a valorizar certas coisas para que tudo esteja perfeito, mas em muitos casos os convidados nem reparam.

 

5.  Considere um vestido modesto

Não sendo uma opção que muitas pessoas consideram, se quer casar pelo significado do dia e para comemorar o amor com quem se vai comprometer, pondere comprar um vestido de noiva pouco exuberante e consequentemente mais barato. Pesquise ainda empresas que alugam vestidos de noiva em busca de boas opções. Pode estar lindíssima, viver um sonho e poupar algumas centenas de euros, e para recordar bastam as fotografias, não precisa de um vestido enorme a ocupar espaço.

 

6. Faça os seus próprios convites

Em vez de mandar fazer os convites num profissional, pegue em todas as suas capacidades para trabalhos manuais (ou de algum familiar/amigo) e faça bonitos convites “caseiros”, a poupança que fará aqui deixá-lo-á boquiaberto, e faz também com que cada convidado se sinta especial por receber um convite feito por si.

 

7.  Peça a um amigo ou familiar para tratar das fotografias

Em vez de contratar um fotógrafo, pode poupar num casamento ao pedir a um amigo ou a um familiar para tratar das fotografias do evento. Assim não só terá recordações mais naturais, como fará também com que estas sejam ainda mais especiais por terem sido tiradas por alguém que ama.

 

8. Escolha flores da época

Com flores de época para a decoração e para o bouquet ficará tudo mais em conta, e se incluir algumas artificiais aqui e ali para poupar mais uns euros, ninguém vai reparar.

 

9. Deixe a banda descansar

É bom apreciador de música? Tem as suas favoritas? Abdique de uma banda ou DJ durante a festa e elabore uma playlist para os diversos momentos (cocktail de boas-vindas, jantar, dança), desta forma ouvirá, com certeza, as suas músicas favoritas, evitará um gasto elevado e o resultado final será bom de qualquer modo. Apenas não se pode esquecer de equipamento adequado.

 

10. Não se case ao fim de semana

Poupar num casamento é mais fácil durante a semana, pois a procura é reduzida em comparação com o fim de semana. Como tal, é possível ter preços mais em conta em quase tudo, desde que se escolha o local certo à hora certa.

 

11. Aceite a ajuda de convidados

Entre os convidados pode vir a ter alguém que possa ajudar de um modo ou outro, seja com a comida ou com qualquer outro tipo de serviços. Não precisa de ir atrás de ninguém, mas se alguém oferecer ajuda não fica mal aceitá-la.

 

12. Poupa na decoração

Qualquer noiva merece um casamento bonito, mas isto não significa que tem de ser extremamente caro. Em sites como o eBay ou o OLX pode comprar artigos em segunda mão a preços reduzidos, e assim consegue poupar centenas de euros com facilidade.

 

13. Compare preços

Desde o carro a alugar até ao bolo e à decoração, há muito dinheiro a ser gasto, e não há melhor forma de poupar num casamento, ou seja onde for, do que através da comparação de preços. Fazer os trabalhos de casa e ver onde arranja o quê e a que preço pode ajudá-lo a poupar o suficiente para ir de lua-de-mel descansado. 

 

14. Faça o copo-de-água num restaurante

O copo-de-água pode sair muito caro se escolher uma empresa de catering. Além de ter de alugar um espaço e de o decorar, vai ter de pagar à empresa por todos os custos da mesma, que certamente não serão poucos. Pode ficar mais em conta escolher um restaurante, onde encontra menus para casamentos a preços relativamente baratos.

 

15.  Venda o que não precisa depois do casamento

Se comprou algumas coisas a mais para o casamento e não tem uso a dar-lhes no futuro, venda-as! Assim não só recupera algum do dinheiro gasto, como também evita ter coisas guardadas a ganharem pó.
 
Estas são apenas algumas sugestões possíveis. Com alguma imaginação pode vir a fazer muito com pouco dinheiro, e se precisar de inspiração para o seu casamento existem dezenas de sites que pode consultar online como o Zankyou ou o Martha Stewart Weddings.


Veja também: