10 dicas para preparar o carro para o inverno

Chegadas as condições metereológicas mais adversas, é hora de preparar o seu carro para o inverno. Saiba o que considerar na altura de fazer a manutenção do seu veículo.

10 dicas para preparar o carro para o inverno
Saiba como proteger e preparar o carro para condições metereológicas adversas

Com o inverno quase a chegar as condições metereológicas, como a chuva e a neve, tornam as estradas bastante mais inseguras para quem anda a conduzir. Por isso, é necessário investir algum tempo (e até dinheiro) na manutenção para preparar o carro para o inverno. Uma posição proativa neste cenário pode ser a diferença entre ter ou não um acidente automóvel.

Se ainda não pensou nisso, saiba que é altura de o fazer. Para que nada lhe escape destacamos aqui algumas dicas para se precaver da mudança das condições climatéricas.

10 DICAS PARA PREPARAR O CARRO PARA O INVERNO

1. Diagnóstico sobre o funcionamento geral do automóvel

À partida, o condutor é a pessoa que melhor conhece o funcionamento do carro, portanto, ele melhor que ninguém sabe em que condições de utilização está o veículo. Como tal, caso verifique que o seu automóvel tem barulhos estranhos durante a condução, dificuldades em arranque ou perca de poder de aceleração, isso pode significar que o seu carro pode não sobreviver ao próximo inverno. É fundamental detetar todas as anomalias que o veículo apresenta e tratar delas. Se tem dúvidas, o melhor é ir diretamente a uma oficina e conversar com o seu mecânico.

Sugerimos que lubrifique todas as fechaduras e dobradiças com um spray adequado. Desta forma minimiza a possibilidade de ficar trancado ou de não conseguir abrir uma porta.

2. VERIFICAR ESTADO DOS PNEUS

É fundamental que tenha em mente que os pneus são o único componente do veículo em contacto com a estrada, como tal, têm de estar em bom estado e preparados para as diferentes e constantes variações de velocidade e mudanças de vias. Comece por verificar o piso e a pressão dos pneus. Caso exista um desgaste significativo do piso substitua-os, para desta forma aumentar a aderência ao piso molhado e evitar aquaplaning. Caso não tenham o piso desgastado, verifique a pressão para garantir que a mesma está de acordo com a recomendada pela marca.

Em alguns terrenos com inverno mais rigoroso, é necessário substituir os pneus por uns de inverno. Estes pneus têm uma maior profundidade das ranhuras, logo uma aderência à estrada mais eficiente. Em alternativa adquira correntes de neve.

3. MODIFICAR AS ESCOVAS PÁRA-BRISAS

Na passagem do verão para o inverno é necessário mudar de escovas pára-brisas. No verão a borracha das escovas seca, depois com a chuva as mesmas desgastam-se. Por esta razão deixam de ser eficientes na limpeza do vidro, reduzindo assim a sua visibilidade em condução, o que é obviamente, bastante perigoso.

4. EXPERIMENTE O DESEMBACIADOR DE VIDROS E verifique o estado do aquecedor

Para que o condutor e os respetivos passageiros possam usufruir de uma viagem com a máxima comodidade e visibilidade o aquecedor e o desembaciador de vidros devem estar em boas condições de utilização. Por essa razão, deve experimentar se o desembaciador de vidros está a funcionar eficazmente. Em dias de inverno é frequente encontrar o vidro embaciado muitas vezes e a visibilidade para a estrada vai depender do bom funcionamento do desembaciador. Para sua comodidade, teste também o aquecedor. É um ponto fulcral em viagens de longo curso.

5. ANALISAR O ESTADO DA BATERIA

Tenha o cuidado de inspecionar o estado da bateria, já que este é um elemento fundamental para movimentar o seu automóvel. Este componente é o que permite o motor funcionar, tal como qualquer elemento elétrico existente no seu veículo. Normalmente, uma bateria aguenta cinco anos sem problemas, de qualquer forma, no inverno não deixe de apertar todas as conexões e de limpar todas as superfícies para evitar falhas.

6. ANALISAR O FUNCIONAMENTO DAS LUZES

Quando preparar o carro para o inverno não se esqueça de analisar o funcionamento das luzes. Com a mudança climatérica chegam os dias mais chuvosos e cinzentos, o que lhe reduz significativamente a visibilidade na estrada. É fundamental ter todas as luzes a funcionar. Se verificar alguma luz com menor potência ou queimada faça a sua substituição imediata.

7. INSPECIONar O ESCAPE

Para garantir que o escape não tem qualquer fuga deve fazer uma inspeção a este sistema. Se verificar que existem fugas, dirija-se a um mecânico para o corrigir, e peça para analisar também o catalisador para se certificar que não existe uma avaria.

8. Encher sempre o depósito de combustível

Deve sempre encher o depósito de combustível na sua totalidade, pois se não o fizer o risco de aparecer ferrugem e humidade no interior do tanque de combustível é maior. No entanto, se o veiculo não tiver o rendimento esperado na estrada e até soluçar, isso poderá significar que é necessário substituir o filtro do combustível.

9. Verificar o sistema de refrigeração

O sistema de refrigeração deve ser inspecionado, pelo menos, uma vez por ano. É recomendado que utilize anticongelante e que mantenha a água nos níveis recomendados. Caso pretenda verificar o estado que se encontram os líquidos refrigerantes, tenha em atenção que nunca deve remover a tampa do radiador até o motor estar frio, para evitar acidentes como, por exemplo, queimaduras graves.

10. ACESSÓRIOS

Quando preparar o carro para o inverno, não se pode esquecer de ter sempre consigo um raspador de gelo (espátula). É normal num clima mais rigoroso e após longa paragem, acumular neve ou gelo nos vidros e a melhor forma para os remover é com um raspador de gelo. Não use água quente!

Veja também: