Como proteger a sua casa nas férias

Bastam apenas alguns cuidados básicos para proteger a sua casa nas férias. Não facilite, siga-os à risca!

Como proteger a sua casa nas férias
7 Dicas infalíveis para não correr riscos.

Não precisa de muito para proteger a sua casa nas férias. Lembre-se que a ocasião faz o ladrão, já diz o ditado e se tiver isto sempre em mente, muito pode ser evitado. Para começar, nunca saia de casa sem verificar que fechou bem todas as portas, janelas e postigos. Depois, anote todos os objetos de valor que tem casa e registe os números de série para que, em caso de furto, seja mais fácil para os recuperar. Além destes, há outras sete passos a cumprir.

 

7 Dicas para proteger a sua casa nas férias

 

1. Seguro

Tenha um seguro para proteger a sua casa nas férias e nos outros dias todos também. Encare-o não como um custo mas um investimento na sua tranquilidade e segurança. No caso das férias pode servir para recuperar de quaisquer prejuízos causados pelos meliantes, mas noutras ocasiões pode  ser por causa de uma inundação ou um fogo. 

 

2. Engane os ladrões

Peça a um familiar, amigo ou vizinho que tome conta da casa na sua ausência. Se for possível ficar lá hospedado, tanto melhor. Se não, é importante que, pelo menos, alguém abra e feche, regularmente, as persianas, ligue as luzes de vez em quando e recolha o correio diariamente. É importante que este ritual não seja feito sempre às mesmas horas para iludir os ladrões mais atrevidos. 

 

3. Não comente

Não diga a ninguém que vai de férias, exceto pessoas da sua máxima confiança. E, mesmo a estas, tenha o cuidado de lhes pedir que não refiram a sua ausência a absolutamente ninguém. Nunca sabe quem pode estar a ouvir!

4. Cuidado online

As redes sociais mudaram a forma como comunicamos com o mundo mas, em tempo de férias, não ceda à tentação de publicar fotografias dos seus pés na areia, uma dentada numa bola de berlim ou um novo restaurante longe de casa. Tenha ainda especial cuidado com as referências dos sistemas automáticos de localização. Pode manter as publicações mas limite-as a partilhas de filmes divertidos, fotografias antigas, notícias ou curiosidades. 

 

5. Avise a polícia

Tanto a Polícia de Segurança Pública, quanto a Guarda Nacional Republicana, podem assegurar a patrulha regular da casa na sua ausência. Para saber mais informações sobre este serviço prestado pelas forças de segurança, deve dirigir-se à esquadra mais próxima da sua área de residência. 

 

6. Sistema de alarme

A grande maioria das pessoas sente que, apesar de vivermos num país seguro, que a criminalidade aumentou quando comparada com anos anteriores. Instalar um sistema de alarme é uma boa forma de proteger a sua casa nas férias. Não só tem um poderoso efeito dissuasor como, em caso de assalto, a prontidão das equipas pode impedir maiores prejuízos.

 

7. Guarde o que é valioso

Será difícil esconder a televisão ou o frigorífico mas, o computador portátil e outros gadgets informáticos, jóias com valor patrimonial ou sentimental, dinheiro entre outras coisas valiosas para a carteira ou para o coração devem ser guardados em lugar seguro como um cofre, no banco ou em casa de um familiar. 

Agora que cumpriu todas a nossas dicas, tenha umas boas férias!


Veja também: