AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Como reduzir os custos de trabalhar em 4 passos

Ainda que algumas despesas não possam ser evitadas, a verdade é que existem formas de dar a volta a algumas delas. Saiba como reduzir os custos de trabalhar

Como reduzir os custos de trabalhar em 4 passos
Poupe dinheiro no dia-a-dia de trabalho

Preparado para uma nova aventura profissional?Toda a gente sabe que existem custos relacionados com qualquer trabalho, por mais pequenos que sejam. O dinheiro gasto em refeições, cafés, combustível ou transportes públicos, parque de estacionamento ou até mesmo nas roupas de trabalho, são custos de trabalhar que, ao final de algum tempo, podem chegar a valores elevados.


Como reduzir os custos de trabalhar em 4 passos

Estas são 4 formas que o podem ajudar a reduzir os custos de trabalhar.



1. Trabalhe a partir de casa

A verdade é que trabalhar em casa pode ajudá-lo a reduzir os custos de trabalhar, podendo poupar em roupa, transportes, refeições fora, etc. E, graças às novas tecnologias, atualmente é extremamente fácil trabalhar a partir de casa.
 
Se a empresa onde trabalha não permite trabalhar a partir de casa, não custa sugerir que o façam. Lembre-se que tem de justificar o pedido com motivos que façam sentido para a organização e que não a prejudiquem.



2. Leve comida de casa

Há uma forma muito simples, e óbvia, de reduzir os custos de trabalhar: levar a marmita de casa. Ainda que há alguns anos isso não fosse normal, atualmente, já não faltam pessoas que o fazem.

A redução de custos faz toda a diferença ao final de algum tempo. Para os dias em que se esquece da marmita, existem também serviços que entregam o almoço no escritório, a preços bem amigos da carteira. Conheça-os todos aqui.

Encontre aqui as nossas sugestões de refeições para levar para o trabalho
 


3. Consiga um horário flexível

Atualmente, já existem muitas empresas que estão dispostas a deixar os seus trabalhadores trabalhar em horários flexíveis, o que pode ajudar a poupar! Não percebe como? Nos custos das viagens. Ir para o trabalho fora das “horas de ponta”, para além de mais rápido, é mais económico, não só em termos de combustível, como em termos de desgaste de automóvel.



4. Aproveite os benefícios oferecidos pela empresa

Ainda que as organizações não lhe paguem pelo dinheiro que gasta em roupa para trabalhar ou o transporte diário para o trabalho, podem oferecer benefícios extra, como seguros de saúde, por exemplo, ou até mesmo cobrir alguns custos de viagens.

Informe-se junto da sua empresa acerca de quais os benefícios oferecidos e tire total partido deles. Tudo o que o ajudar a reduzir os custos de trabalho, é bom!
Faça mais pela sua carreira >>
Veja também: