Como renegociar seguros

Quer poupar dinheiro com os seus seguros? Saiba como renegociar seguros. Poupe nos seguros de vida e da casa.

Como renegociar seguros
O que saber.

A generalidade das pessoas não tem por hábito renegociar seguros, seja pelo conforto de manter a mesma seguradora/mediador, particularmente nos seguros obrigatórios do automóvel e da casa, seja por receio de mudar o seguro de vida do crédito habitação e ter um agravamento no spread (a este respeito o Decreto-Lei n.º 222/2009 veio definir “medidas de proteção do consumidor na celebração de contratos de seguro de vida associados ao crédito à habitação”, nomeadamente esclarecendo que o cliente pode escolher livremente a seguradora onde quer contratar o seguro de vida), desperdiçando oportunidades de economizar dinheiro do orçamento familiar canalizado para os seguros.

No entanto, não só é possível como é muitas vezes aconselhável renegociar seguros. Saiba como.
 

Dicas para renegociar seguros e poupar

 

Seguros de saúde e de vida

As apólices que cobrem as grandes despesas deve ser o principal foco na renegociação de seguros facultativos, como o seguro de saúde. Isto porquê, ainda que deva ser avaliado caso a caso, as restantes coberturas podem ser reavaliadas quanto à sua necessidade, de forma a poupar dinheiro. Por exemplo, normalmente a cobertura de despesas de hospitalização e ambulatório são indispensáveis. Por outro lado, a cobertura de estomatologia pode ser cortada. Os tratamentos desta área, em muitos casos, ultrapassam o valor coberto pelo seguro. A chave para poupar está sempre em optar pelas coberturas principais e evitar duplicações de coberturas para economizar dinheiro.

Já o seguro de vida, quase sempre associado ao crédito à habitação, também pode resultar em poupança. Com a entrada da lei que impede os bancos de alterar o spread em caso de mudança nos produtos de cross-selling (como é caso de seguros associados ao crédito à habitação) renegociar estes seguros pode ser vantajoso. Contacte um mediador ou pesquise na internet um prémio de seguro mais barato. Se a sua empresa lhe oferece um seguro de vida, então, procure associá-lo ao crédito à habitação. Mesmo que a cobertura seja inferior, pode tentar fazê-lo e pagar o valor excedente.

 

Seguros da casa

Também o seguro multirriscos da casa está muitas vezes associado ao crédito à habitação. O grande problema destes seguros é que, normalmente, as coberturas e respetivos prémios estão calculados com base no valor do empréstimo, mas o ideal seria que refletissem o valor de reconstrução da habitação. Se for este o seu caso, tente renegociar o seguro para o aproximar do custo deste último ponto, até porque este é o valor que a seguradora lhe pagará em caso de destruição da casa e não o valor do empréstimo ou o valor de mercado da casa. 


Veja também: