Saiba como ter um Natal saudável

A época natalícia pode ser terrível para a sua saúde. Fique a conhecer as nossas dicas para um Natal saudável.

Saiba como ter um Natal saudável
Siga as nossas dicas e faça as escolhas mais saudáveis

Pode parecer uma tarefa difícil, mas a verdade é que ter um Natal saudável e livre de excessos alimentares é (mesmo) possível. De acordo com a British Dietetic Association, durante a época natalícia engordamos dois quilos.

Os nutricionistas aconselham a um adulto consumir, em média, entre 1800 a 2000 kcal por dia. Nesta quadra, esses números disparam para 3000 a 3500 kcal diárias e, em alguns casos, podem chegar às 6000. Assim sendo, na altura de sentar à mesa, “moderação” é a palavra-chave para um Natal saudável.
 

Dicas para um Natal saudável 

Comer não tem de ser um complicado exercício matemático onde passa a refeição a fazer contas às calorias de cada alimento – nem mesmo na noite de Consoada. Ainda assim, é importante ter atenção às quantidades ingeridas e à forma como os alimentos são cozinhados.
 
Para evitar excessos alimentares (e uns quilos a mais no final da época natalícia), comece o jantar da tradicional noite de Consoada com uma sopa: é saudável (desde que substitua as batatas por leguminosas), sacia a fome e permite-lhe controlar facilmente a gula para os pratos que se seguem.
 
Na altura de preparar o peru e o bacalhau, opte por cozinhá-los com azeite. Reduza a quantidade de arroz e batatas (pode até substitui-las por batata-doce) e aposte nos legumes e nas saladas, ricos em antioxidantes.
 
Na altura de escolher a bebida para acompanhar a refeição, tenha sempre em mente que um copo de vinho, em média, tem 170 calorias. Água e sumos naturais são sempre a melhor opção.

Chegada a altura das sobremesas, tenha em atenção os ingredientes que escolhe para a confeção das mesmas. Assim sendo:
  • Azevias: opte pelas de grão ou de batata-doce e reduza a quantidade de açúcar;
  • Rabanadas: use fatias de pão mais finas, utilize leite meio gordo e mais claras do que gemas; cozinhá-las no forno é uma excelente opção ao habitual e pouco saudável processo de fritura;
  • Sonhos: os especialistas dizem que quanto mais pequenos, mais gordura absorvem – assim sendo, faço-os com um tamanho considerável.

Os nutricionistas aconselham ao consumo de frutos secos e de fruta, sempre em moderação. Se é daqueles que não consegue resistir à mesa dos doces, faça o seguinte: coloque uma pequena porção de cada uma das sobremesas num prato e não repita. Dessa maneira consegue provar todas as iguarias e não cai em tentação.

Mas um Natal saudável começa antes do dia 24 de dezembro. Os especialistas aconselham a prática regular de desporto (3 vezes por semana, de preferência), o consumo de 1,5L de água por dia e a introdução de frutas e legumes nas refeições diárias. Dicas que devem ser replicadas ao longo de todo o ano para que na época natalícia os pecados calóricos não demorem meses a serem ultrapassados. Não se esqueça: um Natal saudável e cheio de saúde pode ser o primeiro passo para a uma nova vida. 

Veja também: