E se descobrisse que tem peças de valor em sua casa?

Tem uma peça em casa que quer vender e não sabe o seu real valor? A P55 trata de tudo. Avalia, proteje e vende a sua peça pelo melhor valor. Só tem que preencher o formulário e enviar uma fotografia da peça ou peças que quer vender. Será contactado no prazo máximo de 48 horas.

Ao clicar concordo receber comunicações de marketing directo enviadas por e-konomista.pt e pelos nossos Parceiros

Enviar pedido de avaliação
(*) Campo opcional

Como vender um produto em 4 passos

O quê? Para quem? Como? Quanto? Encontrar a resposta certa a cada uma destas perguntas é o factor-chave para vender um produto com sucesso.

Como vender um produto em 4 passos
Estratégias que asseguram o sucesso de uma venda

Expressões da gíria popular dizem-nos que é preciso espírito para vender um produto ou ainda estar talhado para as vendas. Mais recentemente, ouvimos aqui e ali que são necessárias as competências de um bom empreendedor. Mas, afinal, o que é que isto significa verdadeiramente?
 
Na nossa perspectiva, o facto de ser uma pessoa extrovertida e possuir excelentes capacidades de comunicação e persuasão são, obviamente, soft-skills muito apreciadas no mercado. Contudo, há muitas outras competências que precisa de desenvolver acerca de como vender um produto.
 
Por norma, os bons vendedores preparam cuidadosamente a a sua metodologia ou modelo de negócios. As pequenas singularidades variam de negócio para negócio, mas o modelo de base tem de procurar responder às seguintes questões: O quê? Para quem? Como? Quanto? Tendo isto em consideração, apresentamos as estratégias associadas a como vender um produto com sucesso.
 

Como vender um produto: principais estratégias 


1. Conheça bem o produto que quer vender e a sua proposta de valor

Este parâmetro tem várias dimensões. Antes de qualquer outra coisa, é muito importante que acredite e que respeite o produto que quer vender. O seu entusiasmo mantê-lo-á motivado, mas sobretudo contagiará o cliente.
 
Conhecer o produto significa também ser capaz de responder com clareza e objectividade a qualquer questão que lhe seja dirigida. Esta é uma questão que transmite ao comprador a percepção do valor do produto.
 
Analise bem a proposta de valor do produto que pretende vender. Quer a compra seja feita online ou pessoalmente, destaque os pontos fortes do produto e as necessidades que este preenche. A sua compra pode ser considerada um investimento? E porque razões? Facilita ou optimiza a vida do cliente?
 


2. Conheça bem o seu segmento de clientes

Respeitar o produto é sinónimo de respeitar o cliente e vice-versa. Nunca preste informações pouco fidedignas acerca do produto, pois pode criar uma desconfiança no mercado. Identifique e estude muito bem o seu público-alvo, de forma a antecipar as necessidades e a alinhar o produto com os desejos e perfil dos mesmos. Quem são? Qual é a sua faixa etária? O que é que os motiva? Como é que o seu produto é uma mais valia para os seus clientes?

Após esta análise, contacte os seus clientes e estabeleça uma relação com eles. Nesta fase deixe o cliente assumir a liderança. Não insista constantemente, dê tempo ao cliente para pensar e pesquisar sobre o produto.
 


3. Divulgue o produto

Para aumentar o seu volume de vendas, este é um aspecto fulcral para o seu negócio. Quais são os canais que utilizará para comunicar e alcançar os seus clientes? Participe em feiras e eventos, anuncie nas redes sociais, TV, rádio, sites da especialidade ou adopte estratégias de web marketing.
 


4. Prepare cuidadosamente a venda final

Prepare uma boa estrutura de receitas e custos para não ter surpresas desagradáveis. Analise as suas vendas esporadicamente para perceber se está a vender bem, se é necessário ajustar o produto ao mercado e ao seu público-alvo, se tem stock suficiente ou mesmo como se está a posicionar no mercado em relação à sua concorrência. As estratégias de pós-venda também são importantes para avaliar a satisfação do cliente e para manter contacto com ele. Não descure esta questão.
 
 
Todas estas considerações dirigem-se àqueles vendedores que pretendem estabelecer-se no mercado e potenciar o seu negócio. Se é uma daquelas pessoas que apenas pretende vender esporadicamente produtos ou peças que tem por casa, aconselhamos a visita à plataforma de bens de luxo em segunda mão, P55. Saiba aqui como vender um produto na startup portuense que está a revolucionar o mercado de produtos em segunda mão.
 

Quer vender o que tem em casa? 

A P55 está disponível para avaliar e vender as peças que tem em casa. Nesta plataforma, onde as peças ficam à consignação, o processo de venda inicia-se com um pedido de avaliação. Para o fazer pode:
 
  • Levar as peças à loja, sendo que deve marcar esta visita previamente;
  • Aceder ao site da loja e preencher um formulário com dados pessoais básicos, fazer o upload de algumas imagens das peças que pretende vender;
  • Pode ainda solicitar a deslocação de uma equipa de peritos a sua casa.
 
Feito o pedido de avaliação, a P55 responder-lhe-á no prazo de dois dias úteis e, no caso de haver interesse, prevê um período de venda estimado de 30 dias após consignação. As categorias de maior interesse são as seguintes:
  • Vintage;
  • Peças indo-portuguesas, arte sacra e marfim;
  • Livros, discos de vinil;
  • Objectos de decoração e candeeiros;
  • Pintura, escultura, serigrafia, gravura, fotografia;
  • Porcelanas, faianças, vidros e cristais;
  • Prata, ourivesaria e relógios;
  • Mobiliário, entre outros.

Veja também: