Competências a destacar quando não tem as qualificações pedidas

Está a candidatar-se a um emprego e não tem exatamente as qualificações pedidas? Saiba que competências destacar para demonstrar o seu valor.

Competências a destacar quando não tem as qualificações pedidas
Como mostrar ao empregador que pode ser a pessoa ideal para o lugar

Basta começar a ler um qualquer anúncio de emprego para duvidar que alguém seja capaz de cumprir todos os requisitos pedidos pelas empresas.

O resultado: acaba por ficar nervoso e nem sequer pensa que muita da sua experiência profissional acumulada pode ser tão ou mais importante do que as caraterísticas que estão a ser pedidas.

Saber apresentar essas competências junto do empregador e relacioná-las com a vaga a que se candidata pode representar a diferença entre conseguir ou não ser contratado.

Apresentar essas competências transferíveis, ou seja, conhecimentos que adquiriu nos postos de trabalho que já ocupou e que podem ser úteis no seu novo emprego, deve começar logo na sua carta de apresentação e passar depois pela entrevista.
Saiba que competências destacar.

O que são competências transferíveis?

Mesmo que o seu currículo não tenha todos os requisitos pedidos pelo empregador, pode sempre conseguir chegar à fase da entrevista e mesmo ser contratado, se conseguir provar que os conhecimentos que adquiriu no passado podem ser até mais úteis que os pedidos, para o comprimento das funções.

Estamos a falar de competências transferíveis ou soft skills. Ou seja, competências que tornam o candidato flexível e capaz de trabalhar em vários setores.

Pense bem: Fez voluntariado? Que passatempos tem? Pratica um desporto que lhe dá certas capacidades? Tem grandes capacidades de comunicação? Tudo conta quando se trata de procurar uma nova carreira.

Se a sua experiência profissional passada o tornou capaz de planear e organizar eventos, motivar os colegas, lidar com crises, gerir o tempo ou orçamentos, falar em público, falar um idioma ou utilizar software específico, entre outros, só tem que tentar perceber de que forma pode adotar isso à vaga a que se candidata.

Por exemplo, se já trabalhou com atendimento ao cliente, é normal que tenha capacidade de transformar um problema numa conversa produtiva e isso pode ser aplicado noutro contexto.

A mensagem a passar ao futuro empregador é: “Vocês pedem a competência X e a minha experiência com Y dá-me as competências que preciso para fazer isso”.

3 exemplos de competências a destacar

Capacidade de trabalhar em equipa

Ser capaz de trabalhar em equipa é importante para qualquer vaga em que se candidate. Esta é uma das competências que os recrutadores mais procuram.

Saber comunicar

Saber transmitir a mensagem certa aos colaboradores ou clientes e saber falar com os supervisores é essencial. Se demonstrar ter essa capacidade durante o processo de recrutamento isso pode ser uma mais-valia.

Ser organizado

Saber planear o seu trabalho, o uso do seu tempo ou o tempo dos outros podem ser características que fazem de si um elemento imprescindível dentro de uma empresa.

Veja também:

Continuar a Ler