AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

5 competências informáticas essenciais para qualquer emprego

As competências informáticas de base tornaram-se fundamentais em qualquer emprego.

5 competências informáticas essenciais para qualquer emprego
Se não as tem, adquira-as!

Enriqueça o seu CV e aumente as hipóteses de ser contratadoSAIBA COMO
Escrever um texto no computador não chega, conhecer as redes sociais por si só não conta. É preciso saber um pouco mais.

Os tempos mudaram e actualmente qualquer emprego exige competências informáticas básicas. Aos candidatos é pedido que consigam utilizar computadores, programas, redes sociais, emails. Mas ‘saber mexer’ não é suficiente. Facilidade de adaptação e aprendizagem são igualmente fundamentais.

A literacia informática tem vindo a ganhar peso nos currículos. As empresas, independentemente da dimensão, da organização e da área de trabalho, apoiam a quase (senão mesmo a) totalidade da sua estrutura em sistemas informáticos. A comunicação e a documentação são maioritariamente informatizadas. No actual mercado laboral, as aptidões e as habilitações no campo da informática assumem-se como instrumentos de trabalho obrigatórios. Quer preparar-se e não sabe por onde começar? Conte com o nosso apoio.


Top 5 competências informáticas para encontrar emprego


1. Conhecimento do sistema operativo Windows

Ficheiros, pastas, atalhos, ambiente de trabalho, janela, entre outros, são conceitos elementares que tem de estar totalmente apreendidos. Há muito que entraram no quotidiano de todos nós. Afinal, a grande maioria dos computadores portugueses utiliza o Windows como sistema operativo. Não há espaço de manobra para falhas.



2. Domínio do software Office

‘Saber mexer’ e utilizar este conjunto de aplicações é uma competência informática das mais básicas e fundamentais. É por elas que passam a grande maioria das actividades diárias de um escritório. Texto, cálculos, apresentações e emails são criados e geridos a partir daqui. Tem de estar preparado para utilizar: Word, Excel, PowerPoint e Outlook.
 
  • Word
O processador de texto onde encontra um corrector ortográfico e um dicionário de sinónimos. Pode utilizar vários tipos de letra, com diferentes tamanhos e estilos. Sem dúvida alguma, o principal instrumento de trabalho para a criação de textos e de toda a documentação do dia-a-dia.
 
  • Excel
Se vai trabalhar com números, tem mesmo de ter, pelo menos, as noções básicas desta aplicação. Cálculos e fórmulas tornam-se mais fáceis e simples com o recurso a ela. O que por sua vez o vai ajudar com os balanços e na elaboração de gráficos.
 
  • PowerPoint
Na altura de fazer uma apresentação, esta é a solução mais prática. Pode criar slides com a informação que quer transmitir, recorrendo a som, imagem, texto e vídeo. O produto final será uma ‘colecção de slides’.
  • Outlook
Ainda que muitas empresas tenham um sistema de correio electrónico extra Office, esta aplicação é frequentemente utilizada como plataforma de comunicação interna. É por aqui que passa a gestão de informação e da troca de correio. Num mundo laboral onde a correspondência é cada vez mais online, esta é uma competência informática chave.



3. Utilização de um browser

Não é obrigado a saber/entender a componente mais técnica, mas tem de o saber utilizar. Internet Explorer, Safari, Mozzila Firefox e Google Chrome são alguns exemplos de browsers que permitem a navegação na internet. Apesar de terem a mesma função, são bastantes diferentes entre si. Perca algum tempo a experimentá-los.



4. Navegação na internet

Pesquisar. Investigar. Utilizar motores de busca. Seja qual for o emprego, terá de saber como e onde procurar na internet, é umas competências informáticas básicas. A informação disponível é imensa, pelo que é necessário saber o que fazer. Navegar na ‘rede’ pode parecer simples, mas deve ter atenção para não se dispersar. Uma competência informática que por isso se revela uma mais-valia.



5. Redes sociais

Facebook, LinkedIn, Twitter, entre outros, são nomes que entraram no nosso vocabulário quotidiano. As redes sociais vieram para ficar e as empresas utilizam-nas como veículos de comunicação e de marketing. É preciso saber identificá-las e utilizá-las. Não tem de ser um perito mas tem de saber o básico para não passar por incompetente.
Faça mais pelo seu Curriculum e concorra ao emprego dos seus sonhos >>
Veja também: