7 comportamentos proibidos na entrevista de emprego

Conheça alguns sinais corporais que não deve exibir durante uma entrevista de emprego, para evitar perder a sua oportunidade.

7 comportamentos proibidos na entrevista de emprego
O que não deve fazer numa entrevista de emprego

Num mundo perfeito, iríamos para uma entrevista de emprego com uma confiança inabalável, teríamos um grau de empatia perfeito com o entrevistador, ao ponto de sairmos de lá a achar que fizemos um novo amigo, e tudo o que transmitiríamos para o outro lado seria o resultado natural do nosso vasto conhecimento sobre a área a que concorremos. Mas nem sempre é assim: desde logo porque a linguagem corporal pode deitar tudo a perder!

Entrevista de emprego: o que não deve fazer

Nem o facto de a entrevista correr bem lhe garante que vai conseguir o emprego; na verdade, a perceção subjetiva de que a entrevista foi um verdadeiro sucesso pode facilmente ser contraposta pela impressão com que o seu entrevistador ficou – e que é construída, em grande parte, com base na sua linguagem não-verbal.

É natural que quanto mais queria ficar com o emprego, mais nervoso se mostre. Lembre-se que a primeira impressão conta muito.

As primeiras impressões são ditadas pelo tom de voz e entoação, intensidade do aperto de mão, postura corporal e contacto visual. Não há dúvidas de que o nosso corpo emite sinais de extrema importância no desenrolar da entrevista. Alguns desses sinais podem e devem ser evitados, como lhe mostramos de seguida.

7 comportamentos a evitar numa entrevista de emprego

Eis alguns comportamentos a evitar em entrevista.

1. Má postura

Inclinar-se para trás pode ser sinal de arrogância ou preguiça. Por outro lado, inclinar-se para a frente pode ser interpretado como expressão de agressividade. Deverá procurar uma posição neutra, mas interessada.

postura entrevista de emprego

2. Evitar o contacto visual

Aconteça o que acontecer, mantenha sempre o contacto visual com o entrevistador. Não caia no erro de olhar fixamente para o seu interlocutor, mas mostre-se focado na entrevista.

3. Gesticular agressivamente

Apontar o dedo ou mexer os braços de forma nervosa ou ríspida pode ser interpretado como um sinal de agressividade e interfere negativamente com a impressão que o entrevistador formará de si.

4. Cruzar os braços

Braços cruzados e apertados sobre a região do peito transmitem uma postura defensiva e de resistência, como se se recusasse a assimilar a informação que lhe está a ser transmitida ou como se lhe estivesse a ser difícil concordar a 100% com o que lhe está a ser dito.

5. Aperto de mão fraco

Quando se dá o momento do aperto de mão, antes ou no fim da entrevista, garanta que o seu é confiante e seguro e que estabelece contacto ocular durante o mesmo.

aperto de mao entrevista

6. Balançar a cabeça excessivamente

Balançar a cabeça muitas vezes pode ser interpretado como se não estivesse a levar as coisas a sério, ou como se estivesse distraído. Se o fizer, acompanhe esse gesto com um sorriso de concordância.

7. Roer as unhas

Além de pouco higiénico, roer as unhas é um claro sinal de nervosismo. Evite portanto, este comportamento.

O que fazer para que a entrevista corra como desejado

Além de evitar os comportamentos referidos, não se esqueça de preparar previamente as perguntas e respostas e de cuidar do seu vestuário; este é outro aspeto não verbal de importância crucial para aumentar (ou diminuir) a sua confiança. Boa sorte!

Veja também:

Continuar a Ler