Vale a pena comprar tecnologia da China online?

Será que vale a pena comprar gadgets em sites chineses? O risco compensa? Descubra as vantagens e desvantagens de comprar tecnologia da China online.

Vale a pena comprar tecnologia da China online?
Será um negócio da China?

A oferta é grande, os preços são bastante apetecíveis e a qualidade também se recomenda. Contudo, o risco é maior. Será que vale a pena comprar tecnologia em sites chineses?

O mercado chinês está de boa saúde (e recomenda-se) e cada vez mais especializado na venda online e no fabrico de produtos tecnológicos.

Pensar em tecnologia e em China remete-nos de imediato para a gigante Huawei. Uma marca mundialmente reconhecida, presente em diversos segmentos de mercado, sendo, inclusive, líder em alguns deles. Há, contudo, mais fabricantes chinesas que também já têm algum reconhecimento mundial, como a Xiaomi ou a Elephone, que já têm lojas físicas em Portugal e noutros países da Europa.

O que é que as torna tão apetecíveis? À semelhança das “lojas dos chineses” que vieram substituir as famosas “lojas dos 300”, as fabricantes chinesas oferecem produtos que são capazes de rivalizar com as grandes marcas, a preços bastante mais simpáticos.

Comprar tecnologia da China online: sim ou não?

Para chegar a um veredicto, analisemos as vantagens e desvantagens de comprar tecnologia da China online.

Vantagens

  • Preço
  • Qualidade
  • Especificações
  • Variedade

A China é reconhecida por disponibilizar produtos a um custo muito reduzido, isto também se aplica à tecnologia. Se a isso aliarmos uma boa qualidade, os produtos tornam-se ainda mais apetecíveis.

As especificações também são um ponto interessante, já que, hoje em dia, é possível encontrar tecnologia chinesa com componentes semelhantes ou até mesmo iguais aos componentes de tecnologias europeias ou norte-americanas. Por exemplo, os processadores da Qualcomm, utilizados em smartphones da Samsung, também podem ser encontrados em smartphones da Xiaomi.

Por último, a variedade: ao produzir algo, as fabricantes chinesas gostam de o fazer para todos os gostos.

Desvantagens

  • Garantia
  • Envio
  • Taxas alfandegárias
  • Atualizações

Um dos primeiros problemas está na garantia. O seu produto estragou-se, e agora? Precisa de o enviar para a China para que este possa ser reparado, um processo que não é nada fácil e que pode demorar meses.

Uma dificuldade também presente no envio de qualquer produto. A encomenda pode vir do outro lado do mundo, é natural que demore algum tempo, até meses, e há a possibilidade de se perder pelo caminho.

As taxas alfandegárias são outro senão. O custo adicional que a alfândega pode imputar aos produtos pode ser ainda maior do que o custo do produto em si. Perante isto, as fabricantes chinesas já se começaram a precaver contra este problema, criando armazéns na Europa para que todo o tipo de tecnologia possa ser entregue sem problemas de maior.

Finalmente, há que lembrar o problema das atualizações. As fabricantes chinesas tendem a menosprezar as atualizações do software que produzem.

Veredicto final

A possibilidade de adquirir tecnologia – smartphones, câmaras e outros acessórios – de qualidade e a preços bastante apetecíveis são trunfos que não podemos desperdiçar. Nesse sentido, consideramos que, em muitos casos, vale a pena comprar tecnologia da China online.

Terá, porém, de estar ciente dos riscos que corre e tomar algumas precauções. Certifique-se, em primeiro lugar, que está a comprar a vendedores oficiais e se tiver que fazer compras em sites de leilões, opte pelos vendedores melhor cotados. Recorde as nossas dicas para fazer compras online seguras.

Veja também:

Nuno Margarido Nuno Margarido

Jornalista formado pela Universidade de Coimbra, assume-se uma pessoa curiosa e até a mais simples engrenagem ou linha de código o fascina. Os seus interesses dividem-se por vários mundos, com destaque para a tecnologia, o gaming, o vídeo, a fotografia e o cinema.