Comprar tempo: como e porquê

Damos-lhe a conhecer as vantagens de comprar tempo, de modo a ter mais disponibilidade para fazer o que de facto o faz feliz.

Comprar tempo: como e porquê
Conheça o que há de positivo em comprar tempo

Comprar tempo: algo que poderá, aparentemente, parecer estranho. No entanto, é possível fazê-lo, de modo a ter mais disponibilidade para fazer aquilo que realmente traz mais prazer ao seu quotidiano.

O que há de positivo em comprar tempo?

Estudo realizado

Num mundo em que andamos sempre a correr de um lado para o outro, uma equipa internacional de investigadores levou a cabo um estudo, tendo inquirido mais de seis mil pessoas sobre se são mais felizes por pagarem a outros indivíduos para lhes realizarem tarefas de que não gostam e que lhes roubariam muito tempo, como cozinhar ou limpar a casa, por exemplo.

As respostas destas pessoas espelharam o quanto estão mais satisfeitas com a vida, por escolherem gastar parte do seu dinheiro dessa forma.

Poder fazer mais coisas de que realmente gosta

Quando rentabilizamos o nosso tempo, conseguimos fazer muitas mais coisas de que gostamos. Pensemos nas horas que passamos, por exemplo, no supermercado. Se podemos comprar tudo online, no conforto das nossas casas, ainda que para tal tenhamos de pagar uma determinada tarifa, pouparemos esse tempo para dedicar a uma atividade que nos dá, de facto, prazer.

Na verdade, o que muitos chamariam de preguiça ou de comodismo, é para outros um uso positivo que fazem do seu dinheiro, uma vez que estão, de certa forma, a comprar tempo para outras atividades. As prioridades de um poderão, efetivamente, não ser as de outros.

relaxar

Reduzir o stress

Quando sentimos que temos tempo para dedicarmos às tarefas importantes, rentabilizando mais o nosso trabalho e podendo ter mais momentos de lazer, o nosso stress diminui e, dessa forma, conseguimos estar mais satisfeitos, de bem com a vida e de sorriso na face.

Algumas pessoas poderão criticar estas opções, argumentando que se trata de dinheiro mal gasto. Mas tal ideia não poderia estar mais errada, uma vez que só cada um pode saber o que o faz realmente mais feliz.

Por exemplo, há pessoas que pagam para ter o seu almoço entregue pronto, em casa ou no local de trabalho. Ainda que esta realidade possa parecer um desperdício financeiro para muitos indivíduos, para aqueles que o fazem é uma forma de poderem acabar um trabalho mais rapidamente sem terem de o interromper, ou descontraírem na hora de almoço, fazendo outra atividade que os fará relaxar e enfrentar com mais força o resto do dia.

Assim, comprar tempo é uma realidade dos nossos dias, praticada por muitos, de modo a conseguirem encontrar, nos seus dias, o espaço necessário para fazer muito mais e melhor, e para serem mais felizes!

Veja também:

Catarina Mesquita Catarina Mesquita

Licenciada em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses e Ingleses, Pós-Graduada em Linguística Portuguesa e Mestre em Estudos Portugueses Multidisciplinares, possui experiência de mais de quinze anos ao serviço da educação, da tradução e da escrita.