5 locais de eleição para ir às compras em Florença

Quer queira uma peça de vestuário de alta gama ou um artigo de artesanato único, fazer compras em Florença é algo que lhe recomendamos. Saiba porquê.

5 locais de eleição para ir às compras em Florença
Requinte e tradição também se vendem nesta cidade

Se está a pensar reservar algumas horas durante a sua estadia para ir às compras em Florença, saiba que existem muito boas opções na cidade, seja para comprar uma peça de alta costura, um artigo de artesanato ou em pele - o material de eleição dos artesãos em Florença.

Das ruas com algumas das lojas das marcas mais prestigiadas aos movimentados mercados, tome nota das nossas sugestões de locais ideais para compras em Florença.


Não perca as nossas sugestões e vá às compras em Florença


Via de’ Tornabuoni

tornabuoni

No século XIV, era na Via de’ Tornabuoni que ficavam os mais belos palácios das famílias nobres da cidade, como os Antinori e Strozzi. Hoje em dia, o charme mantém-se e esta é a rua para comprar marcas de alta gama como Gucci, Prada, Pucci, Cartier e Bulgari, entre outras. Nas proximidades, a Via della Vigna Nuova e Via del Parione têm também lojas como a Lacoste e Montblanc.

Mesmo que não tenha orçamento para estas lojas, pode sempre apreciar as montras, os belíssimos edifícios e a elegância dos transeuntes.



Barberino Designer Outlet

O Barberino Designer Outlet fica a cerca de 30 quilómetros da cidade, mas é uma das melhores experiências de compras em Florença. Este outlet concentra mais de cem lojas e marcas de renome italianas e de designers internacionais. 

No mesmo local, pode espreitar lojas de marcas tão desejadas como Prada, Dolce & Gabanna, Cavalli, Patrizia Pepe, Pinko, Furla ou Michael Kors, entre muitas outras. No Barberino Designer Outlet o espaço assemelha-se a uma pequena vila, com casas onde ficam as lojas e a possibilidade de dar um passeio ao ar livre depois das compras. Se não tem carro, pode apanhar um autocarro no centro de Florença que lhe permite chegar ao outlet em cerca de 30 minutos.



Mercato Centrale

mercato

Um dos mercados mais conhecidos e uma excelente opção para ir às compras em Florença, o Mercato Centrale é também uma verdadeira experiência para os amantes da gastronomia. No rés-do-chão vai encontrar os talhos e peixarias mais tradicionais, vendedores de fruta e legumes e pequenas lojas que vendem azeite, carnes, queijos e outros produtos típicos da cidade.

O primeiro andar do mercado foi intervencionado em 2014, tornando-se numa espécie de área “gourmet”, com espaços e bancas dedicados a produtos como o queijo, o vinho Chianti, gelados, chocolate, pizas e pastas. Em muitas dessas bancas os produtos são preparados à vista do freguês, por isso não perca a oportunidade de ver como se faz pão, a famosa mozarela de búfala ou os gelados artesanais.



Mercato San Lorenzo 

Muitos consideram que o Mercato San Lorenzo faz parte do Mercato Centrale, uma vez que se encontra nas ruas que circundam o edifício onde este último se realiza. Por isso, se visitar um, pode perfeitamente aproveitar para visitar o outro, embora a oferta de produtos seja distinta. 

O Mercato San Lorenzo é uma ótima opção para compras em Florença, sobretudo se procurar artesanato e artigos em cerâmica, roupa e souvenirs, bem como uma vasta oferta de artigos em pele, um dos materiais tipicamente mais trabalhados na cidade, e que aqui se encontra em carteiras, cintos, porta-moedas e casacos, entre outros.



Officina di Santa Maria Novella

officina

Muito mais do que um simples local para ir às compras, a Officina di Santa Maria Novella é um local imperdível para conhecer em Florença. Esta farmácia, que foi tem tempos uma capela em estilo rococó, existe há mais de 300 anos e vende artigos como pomadas, bálsamos, perfumes e sabonetes à base de ervas medicinais.

O espaço, com o mobiliário original e a decoração inspirada nos estilos gótico e barroco, merece ser visitado. Isto para não falar no perfume que impregna a loja… Apesar de existirem várias lojas Santa Maria Novella em todo o mundo, nenhuma é, definitivamente, igual à sua sede. Os preços não são os mais apetecíveis – um sabonete pode custar perto de vinte euros – mas conhecer a Officina di Santa Maria Novella vale, ainda assim, toda a pena. 

Veja também: