Publicidade:

6 conselhos para fazer boas compras nos saldos

Das compras online, passando pela hora de comprar, até aos cuidados a ter, conheça algumas dicas para fazer compras no saldos.

6 conselhos para fazer boas compras nos saldos
Rentabilize os saldos ao máximo

Quando é, afinal, a época oficial de saldos? Não há! Pois é, agora a confusão parece instalar-se. Ora há saldos ora promoções e as duas épocas tradicionais de saldos a que estávamos habituados deixaram de existir. Isto porque, desde 2015, a lei mudou e os saldos acontecem a qualquer altura.

Agora são as lojas que escolhem as datas em que fazem saldos. Porém, muitas lojas não alteraram significativamente o calendário habitual de vendas para não confundir o consumidor e continuam a fazer as suas maiores promoções a partir de meados de julho e finais de dezembro, início de janeiro.

Independente de acontecerem ou não numa época predeterminada, reunimos algumas dicas para o ajudar a fazer as melhores compras nos saldos.

Como fazer boas compras nos saldos


1. Fazer uma lista de compras e definir o orçamento para os saldos

Se não quer ficar com o orçamento comprometido, pense atempadamente no que precisa de comprar, vasculhe e organize os armários e faça uma lista do que realmente precisa e do orçamento que disponibilizou para o efeito.

Se comprar por impulso, pode ultrapassar esses limites em tudo o que lhe parecer uma boa compra ou perder oportunidades que lhe fazem realmente falta.

2. Pesquisar e comprar online

compras online

Antes de ir às lojas, pesquise na internet as peças de que precisa ou que quer comprar. Assim pode comparar preços e modelos de várias lojas, bem como a composição e materiais das peças.

Por outro lado, ao comprar aquilo que quer pela internet pode receber as compras confortavelmente em casa. Poupa, desta forma, tempo e afasta-se da confusão e da desorganização das lojas.

3. Verificar as etiquetas

Verifique as etiquetas, porque todos os produtos devem apresentar, de forma legível e percetível, o preço anterior e o preço atual com desconto ou então a percentagem da redução. Compare os preços para ter a certeza de que está a fazer um bom negócio.

4. Certificar-se do estado da peça

No meio da habitual confusão dos saldos, muitas vezes compramos sem verificar o estado da peça (se não tem defeito). Ainda que, nestes casos, a loja seja obrigada a efetuar a troca, evita ter de voltar à loja.

5. Procurar ir às compras em alturas de menor confusão

lojas

Se for possível, aproveite os saldos em dias da semana, na parte da manhã. Assim, poderá escolher com mais calma e ponderação, encontrando as lojas mais arrumadas.

6. Invista nas peças certas

As melhores peças para investir nos saldos são: artigos de qualidade e de marca, geralmente não tão acessíveis a todas as carteiras fora da época de saldos; artigos intemporais, porque nunca ficam “fora de moda”; artigos específicos para determinadas ocasiões futuras que se aproximem, como casamentos para os quais já foi convidado, e, finalmente, artigos que se vão usar nas próximas estações (neste caso, pesquise as tendências futuras).

Veja também: