6 dicas para fazer compras online seguras

Fazer compras pela internet tem várias vantagens, mas acarreta alguns riscos. Saiba como fazer compras online seguras.

6 dicas para fazer compras online seguras
Cuidados que deve ter para não ser apanhado desprevenido

O mundo é cada vez mais global. Podemos viver em Portugal e, sem nos levantarmos do sofá, ir às compras a Inglaterra, Espanha ou até mesmo à China. A internet trouxe imensas vantagens e oportunidades, mas também acarreta alguns riscos para quem a usa para fazer compras. Confira as nossas dicas para fazer compras online seguras e sem grandes riscos.

Vantagens de fazer compras online seguras

Existem diversas vantagens no que diz respeito à compra de artigos pela internet, entre elas:

  • Maior variedade de escolha. O utilizador já não tem de se limitar apenas ao que existe nos estabelecimentos comerciais à sua volta. A oferta é imensamente maior devido ao número de sites, marcas e artigos existentes.
  • Mais barato. O facto de existir uma maior variedade faz com que também exista preços bem mais simpáticos, além de ofertas únicas.
  • Diretamente para sua casa. Fazer compras online é bastante prático e cómodo. Basta comprar e esperar que os artigos “lhe batam à porta”.
  • Leilões. Existem diversos sites como o eBay ou similares que permitem comprar artigos em segunda mão em perfeitas condições. Agradecem os compradores que poupam algum dinheiro e os vendedores, que recebem “um extra”.

É claro, contudo, que fazer compras pela internet também pressupõe alguns riscos que obrigam os utilizadores a tomar precauções.

compras onlineFonte da imagem: WJCT News

6 dicas para fazer compras online seguras

Se não quer ser apanhado desprevenido ao fazer compras online, siga estas dicas à risca:

1. Confira o endereço do site

Olhe para o endereço que se encontra no topo da página. Começa por “https”? Este protocolo é, por norma, atribuído a sites idóneos e seguros, pelo que é um bom indicativo de compras online seguras.

2. Informe-se sobre a fiabilidade do site

Não conhece o site onde está a fazer a compra? Tente descobrir se este disponibiliza uma morada, um número de telefone fixo e outras informações. Se possível, procure ainda algumas críticas no Google para descobrir se existem utilizadores com razões de queixa desses mesmos portais.

3. Leia as características dos artigos

Um dos cuidados mais importantes a ter para fazer compras online seguras reside na leitura de todas as características dos artigos. Por vezes, até as fotografias nos induzem em erro. Esteja atento.

4. Atenção aos custos de transporte

Cuidado com os custos de transporte. São custos acrescidos que, por vezes, são maiores do que o próprio produto. Tenha também em atenção os custos alfandegários, que são frequentes em encomendas da China ou do Japão.

5. Guarde o comprovativo da compra

Guarde o comprovativo da compra para garantir que tem uma prova no caso de algo não correr como previsto.

6. Crie um cartão de pagamentos virtual

O pagamento online é, normalmente, a maior preocupação ao fazer compras na internet. Criar um cartão de pagamentos virtual é meio caminho andado para conseguir fazer compras online seguras. Em primeiro lugar, permite criar um cartão para uma utilização única, ou seja, apenas para a compra que pretende efetuar. Em segundo lugar porque não é necessário o utilizador colocar as informações reais dos cartões que possui. Em terceiro lugar porque permite criar um cartão com um plafond máximo – caso o utilizador venha ser enganado, quem o enganou não tem acesso ao cartão real.

Onde é que pode criar um cartão de pagamentos virtual? Nós aconselhamos o Paypal, o serviço mais conhecido em todo o mundo. Se não o quiser utilizar pode sempre optar por uma destas alternativas ao Paypal, onde surge o português MB Net.

Veja também:

Nuno Margarido Nuno Margarido

Jornalista formado pela Universidade de Coimbra, assume-se uma pessoa curiosa e até a mais simples engrenagem ou linha de código o fascina. Os seus interesses dividem-se por vários mundos, com destaque para a tecnologia, o gaming, o vídeo, a fotografia e o cinema.