AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Como conciliar a vida profissional e pessoal?

Veja o que pode fazer para conciliar com sucesso a sua vida profissional e pessoal. 

Como conciliar a vida profissional e pessoal?
Sabe a resposta a esta pergunta?

Conciliar a vida profissional e pessoal. Este é o grande desafio de qualquer profissional, mas nem sempre é fácil. E no nosso país este é um “mal” muito comum. Aliás, segundo um estudo realizado pela Braun Research e a Pfizer Consumer Healthcare, Portugal é um dos países europeus onde há maior dificuldade em encontrar um balanço entre o âmbito profissional e pessoal.
 
Se também você está a sentir algumas dificuldades em conciliar a sua carreira com a vida privada, saiba que basta aplicar algumas regras e tudo se pode tornar mais simples.
 

5 Dicas para encontrar o equilíbrio

Nem todos os profissionais são capazes de conciliar a vida profissional e pessoal. É certo que a forte competitividade que se vive no mercado de trabalho e a rapidez nas respostas que se exige aos profissionais, não facilita a tarefa. Mas há “remédio”. Veja como:
 

1. Defina as suas prioridades

Vá lá, esta é óbvia. No entanto, apesar de ser uma regra básica da organização, são muitos os que a ignoram. Mas comece por aqui, vai ver que se for capaz de organizar a sua agenda (profissional e pessoal), criar uma lista de prioridades e realizar todas as tarefas mais importantes em primeiro lugar, tudo se torna mais fácil e as suas tarefas acabam por fluir sem dificuldades.
 

2. Faça uma boa gestão do seu tempo

Ou seja, no horário e trabalho, trabalhe; no horário de lazer, aproveite o seu descanso, faça as coisas que mais gosta ou desfrute de todos os minutos com a sua família. Se quer equilibrar as duas vertentes da sua vida, tem que ser capaz de gerir bem o seu tempo, para que nem um nem outro saia prejudicado. Um truque que pode usar é anotar todos os seus compromissos (sejam pessoais ou profissionais) numa agenda, assim vai poder ter uma ideia geral do que tem para fazer e de como pode distribuir o seu tempo.
 

3. Delegue

Tanto no trabalho, como em casa. Não tem que fazer tudo sozinho. As pessoas que o rodeiam podem ajudá-lo. Só assim vai conseguir ter tempo para tudo (ou, pelo menos, para quase tudo).
 

4. Aprenda a dizer “não” 

Saber dizer “não” é muito importante, mas poucos entendem a real dimensão desta capacidade. Pois saiba que além de contribuir para que se sinta bem em termos profissionais, é também uma ferramenta essencial para que seja capaz de manter o balanço entre a sua vida profissional e pessoal. Senão pense. Os seus empregadores esperam muito de si, mas não é suposto que diga sempre que “sim” a tudo. Tem que ser capaz de estabelecer limites (a si e aos seus empregadores). Caso contrário corre o risco de falhar no trabalho e na vida pessoal. Se não tem tempo, não é capaz de realizar uma tarefa ou os projetos não vão ao encontro dos seus objetivos diga que “não”. Ou pelo menos, relegue para uma data mais oportuna. Ninguém o vai condenar por isso e, pelo menos assim, vai ter tempo para outras coisas que não trabalho.
 

5. Deixe o dia seguinte planeado

Quando chegar ao fim do dia, perca cinco minutos a verificar o que fez e o que ficou por fazer e prepare tudo o que vai precisar no dia seguinte (sejam os lanches e sacos para a ginástica dos miúdos ou documentos para uma reunião). Vai ver que cuidados como este o vão ajudar a dormir muito mais descansado e no dia seguinte já tem trabalho adiantado.
 

Seja equilibrado

Encontrar o equilíbrio entre a vida profissional e pessoal é mais benéfico do que possa pensar. Além de lhe permitir usufruir da sua vida pessoal, em última instância ainda o ajuda a sentir-se motivado, a tornar-se mais produtivo e vai ajudá-lo a alcançar os seus objetivos profissionais. Sem dúvida o “melhor de dois mundos”!
 
Veja também: