Conduzir em Marrocos: tudo o que precisa de saber

Conduzir em Marrocos implica cumprir regras de trânsito diferentes das portuguesas. Conheça-as e veja a lista de portagens de Marrocos.

Conduzir em Marrocos: tudo o que precisa de saber
Cuidados a ter ao conduzir em Marrocos

Um cidadão português pode conduzir em Marrocos, durante três meses, em veículo próprio (com passagem através de barco ferry-boat) ou alugado, desde que apenas para fins turísticos, somente com a carta de condução, passaporte e seguro automóvel válido (extensão da carta verde do seguro para abranger Marrocos). Para alugar, é também necessário cartão de crédito.

No entanto, conduzir em Marrocos, pelas diferenças culturais e pelas próprias diferenças das regras de trânsito, tem variações relativamente ao que estamos habituados em Portugal.

Conheça as diferenças de conduzir em Marrocos e os cuidados a ter.

Conduzir em Marrocos: as principais diferenças

1. Os limites de velocidade em Marrocos são: 40-60 km/h (de acordo com a sinalização) nas zonas urbanas; 120 km/h nas autoestradas; e 100 km/h nas restantes estradas.

2. Não é tolerado qualquer vestígio de álcool (0,00%) ou estupefacientes no sangue (0,00%). Sendo detetados vestígios de álcool ou estupefacientes, é considerado crime e sujeito a multa, apreensão da carta, com a impossibilidade de conduzir de 6 a 12 meses e o mesmo tempo de prisão.

todo o terreno para conduzir em marrocos

9 cuidados a ter ao conduzir em Marrocos

Apesar do razoável – na generalidade – estado das estradas (ao contrário do parque automóvel), a elevada sinistralidade das estradas marroquinas é uma realidade. Preste especial atenção:

1. É obrigatório o uso dos cintos de segurança para o condutor e passageiros do banco da frente e dos bancos traseiros (quando o veículo está equipado com estes últimos).

2. Desaconselha-se a condução à noite, nas montanhas e pistas não assinaladas.

3. As estradas marroquinas são frequentemente utilizadas por veículos de tração animal, motas (por vezes sem luzes à noite), bicicletas, pessoas e animais.

4. Também não é permitido usar telemóvel enquanto conduz.

5. Nas estradas secundárias e regiões desérticas, é recomendável a utilização de veículos todo-o-terreno, sobretudo na época das chuvas (de novembro a março).

6. Não deixe objetos dentro do carro quando não está no seu interior, nem vidros abertos quando está parado.

7. Particularmente nas autoestradas, cumpra os limites de velocidade ou terá grandes probabilidades de ser apanhado pelos radares e pagar multas.

8. Os sinais de trânsito principais estão escritos em francês e árabe.

9. Baixe o volume do rádio quando passar perto de cemitérios ou mesquitas.

Lista de portagens de Marrocos

  • A1 – Rabat – Tanger;
  • A2 – Rabat – Oujda;
  • A3 – Rabat – Casablanca;
  • A4 – Tanger – Port Tanger Med;
  • A5 – Casablanca – Safi;
  • A6 – Tétouan – Finideq;
  • A7 – Casablanca – Marrakech – Agadir;
  • A8 – Berrechid – Beni Mellal.

As portagens, pagas em moeda local (MAD), são mais baratas do que, por exemplo, em Espanha ou outros países da Europa.

Veja também: