Consulta pré-natal: tudo o que precisa de saber

A consulta pré-natal faz parte do acompanhamento da grávida e do bebé até ao momento do nascimento. Saiba tudo.

Consulta pré-natal: tudo o que precisa de saber
Das primeiras coisas que deve fazer quando descobre que está grávida

O teste de gravidez deu, finalmente, positivo. E agora? O que se segue? Uma das primeiras coisas que deve fazer é agendar uma consulta pré-natal.

A consulta pré-natal serve para, tal como o nome indica, vigiar a saúde antes do nascimento, tanto da mãe como do bebé. Questões nutricionais, de cuidados básicos, indicações para o dia-a-dia e verificação geral do estado de saúde da mãe são alguns dos pontos a analisar durante esta consulta.

Consulta pré-natal: o quê, quando e onde

Qual a periodicidade da consulta pré-natal?

A primeira consulta pré-natal deve acontecer mal se descobre a gravidez. Posteriormente, devem ser realizadas consultas mensalmente até se atingir a 28ª semana de gestação. Entre a 28ª e a 36ª semana, a periodicidade passa a quinzenal e, daí em diante (até ao dia do parto), a grávida deve visitar o médico uma vez por semana.

No caso da gravidez ser de alto risco, podem ser necessárias consultas pré-natal adicionais. É muito importante que não falte a nenhuma destas consultas, pois são fundamentais para identificar possíveis problemas da mãe e do bebé.

Em que consiste a consulta pré-natal?

Durante a consulta pré-natal, o médico vai avaliar o bebé e a mãe. Na primeira consulta, a mãe recebe um caderninho – o Boletim de Grávida – que a deve acompanhar durante os 9 meses de gestação e onde se regista tudo o que relaciona com a gravidez: evolução de peso, episódios a registar, resultados das ecografias, etc.

Também o bebé é avaliado, dentro dos possíveis, nestas consultas, uma vez que se ausculta os batimentos cardíacos e são avaliados os parâmetros básicos, mediante análise dos resultados obtidos nos exames prescritos e previamente realizados.

É também nesta consulta pré-natal que o médico prescreve as análises e ecografias – numa gravidez normal, as indicações são para que se realizem três ao todo (uma por trimestre).

Deve também aproveitar estas consultas para esclarecer qualquer dúvida que surja sobre a gravidez em si ou sobre futuros cuidados para o bebé. São os médicos da consulta pré-natal que a encaminham para as aulas de preparação para o parto.

Onde realizar a consulta pré-natal?

Se optar por ser seguida no sistema de saúde público, deve dirigir-se ao seu centro de saúde para efetuar a marcação da primeira consulta pré-natal. A partir daí, é o médico que indica se continuará a ser seguida só no centro de saúde, em conjunto no centro de saúde e no hospital ou só no hospital.

Nenhuma destas consultas ou exames têm um preço associado, dado que todas as mulheres grávidas são consideradas isentas.

Caso decida ser seguida no sistema de saúde privado, aí já terá de pagar o preço da consulta e dos respetivos exames (se tiver seguro de saúde esses valores são mais reduzidos).

Veja também: