Publicidade:

Contabilidade financeira: o que é e para que serve

A contabilidade financeira é um dos ramos da contabilidade. Saiba o que é, para que serve e conheça alguns exemplos.

Contabilidade financeira: o que é e para que serve
O que precisa de saber

A contabilidade financeira, também denominada contabilidade geral e contabilidade externa, é uma ferramenta fundamental para se interpretar a análise/situação financeira de uma empresa/organização e, simultaneamente, uma obrigação legal a que as empresas estão sujeitas. Saiba tudo o que precisa saber relativamente à contabilidade financeira.

Contabilidade financeira: o que é

A contabilidade financeira é o ramo da contabilidade que se direciona, essencialmente, para o relato financeiro de determinada organização/empresa para o exterior, nomeadamente proprietários, investidores, credores, bancos, Estado, Finanças e Segurança Social, e outros interessados, incluindo a organização e a apresentação das demonstrações financeiras. Inclui ainda a aglomeração de todos os dados necessários legalmente para tal fim. A contabilidade financeira tem uma periodicidade definida (mensal, trimestral, anual, por exemplo).

Em suma, a contabilidade financeira é o registo e comunicação periódica de informações de âmbito económico e financeiro – relativo a uma determinada empresa – às pessoas e entidades externas com interesses na mesma, condicionada a exigências legais e requisitos fiscais. Ou seja, distingue-se da contabilidade analítica (interna).

Trata-se, assim, de uma obrigação legal de utilidade vital para a tomada de decisões de gestão da empresa/organização.

Para que serve

A contabilidade financeira tem como objetivo fornecer informação concisa ao exterior sobre a posição financeira da organização/empresa e sobre a formação de resultados. A interpretação destes dados e respetiva comparação com outras entidades (comparabilidade do património e dos exercícios entre empresas) obedece a regras legais, transversais a todas as entidades, e que, em Portugal, são determinadas através do Sistema de Normalização Contabilística (SNC).

Assim, a contabilidade financeira, como obrigação legal, serve para tributar o lucro das organizações/empresas de forma objetiva e equitativa, e como garantia para os credores e investidores, asseverando o correto tratamento dos factos patrimoniais das organizações/empresas.

Genericamente, a contabilidade financeira tem como funções a identificação, medição, análise e interpretação de todas as informações financeiras respetivas à atividade da empresa, bem como garantir o planeamento e avaliação dos recursos, respondendo a questões como:

  • Quanto vendemos em determinado período de tempo?
  • Qual a quantidade de stock/produto existente?
  • Qual o resultado obtido?
  • Qual é o valor de imposto a pagar?
  • Qual é o produto mais vendido/qual o produto que garante maior rentabilidade?
  • Quantas pessoas recorreram aos serviços?

Contabilidade financeira: exemplos

São exemplos de contabilidade financeira:

  • Escrituração (caixa, conta corrente, diário);
  • Demonstrações financeiras (demonstrações contábeis) de uma empresa (ativos, passivos, património);
  • Auditorias (verificação dos dados);
  • Análise de balanço (interpretação dos dados).

 

Veja também: