Plano de Saúde Medicare

Gratuito durante 6 meses!

Ao clicar concordo receber comunicações de marketing directo enviadas por e-konomista.pt

Saber mais

Contacto visual é desconfortável, diz a ciência

Cientistas ingleses dizem que contacto visual por mais de 3,3 segundos causa desconforto  e “deixa de ser normal”.

Contacto visual é desconfortável, diz a ciência
Olho no olho? Cuidado: pode ser considerado estranho

contacto visual é desconfortável, diz a ciência, e por isso, se tem por hábito encarar as pessoas por mais de 3 segundos, é hora de repensar o assunto. 

Sabe aquela forma especial de encarar alguém? Afinal, pode ser um talento incómodo. Um estudo realizado pela University Colege of London concluiu que olhar fixamente para alguém pode ser algo muito estranho. Os cientistas acreditam que há uma linha muito ténue que separa um olhar normal e um olhar desconfortável, e ela mede-se pelo tempo. 


Estudo científico

500 voluntários participaram do estudo, que reuniu pessoas com idades entre os 11 e os 79 anos. Como parte da experiência, os envolvidos no experimento tinham de manter a cabeça parada enquanto visualizavam um vídeo onde uma atriz os encarava fixamente por diferentes períodos de tempos. Quando sentiam desconforto, os participantes premiam um botão específico. Alguns dos sinais analisados pelos estudiosos para medir o grau de desconforto dos voluntários eram: os movimentos dos seus olhos e a dilatação das suas pupilas.

O Estudo foi publicado no jornal científico Royal Society Open Science e mostrou que um contacto visual rápido é considerado suspeito, enquanto que os mais longos eram vistos como invasivos. Um contacto visual de mais de 3,3 segundos causa desconforto e é visto com algo “estranho”.
 


Quem quer encarar, dilata as pupilas

Foi analisado pelos cientistas o período que os voluntários levavam para apresentar dilatação nas pupilas. Isto porque, apesar de a experiência provocar este reflexo involuntário, ele pode ter relação direta com a vontade encarar alguém.

Os pesquisadores revelaram que os participantes que conseguiram passar um um período maior de tempo a olhar para o vídeo com a atriz, sem desviar o olhar, dilataram as pupilas com mais rapidez. O resultado curioso sugere que dilatar a pupila pode significar querer manter o contacto visual com alguém.

Veja também: