Cozido à Portuguesa: história e receita

De origem pouco clara, este prato típico do nosso país junta tradição e sabor: conheça aqui a história e receita do Cozido à Portuguesa.

Cozido à Portuguesa: história e receita
Receita e história de um prato icónico

O Cozido à Portuguesa é um prato muito antigo em Portugal, embora não seja clara a sua origem, até porque variações similares desta receita aparecem em vários países europeus, como Espanha, França ou Itália.

De qualquer modo, parece ser consensual que o prato deve ter nascido em tempos de mais dificuldades, uma vez que se aproveitavam todas as sobras de outros pratos, sendo cozidos em conjunto para apurar sabores.

Cozido à Portuguesa: carnes, enchidos e vegetais

No entanto, também as famílias mais abastadas gostavam deste prato e, no século XVII, há já registo da receita do Cozido à Portuguesa num tratado redigido por um cozinheiro da Casa Real, caracterizando-o como um prato riquíssimo, do qual faziam parte várias carnes, enchidos e vegetais.

A receita é, de facto, uma das preferidas das famílias portuguesas, sendo muitas vezes confecionada em datas especiais. É preparada em todo o território nacional (continente e ilhas), embora cada região apresente ligeiras variações à receita.

Receita de Cozido à Portuguesa


Ingredientes
100g entrecosto de porco
150g chispe
75g entremeada
1 chouriço de sangue
60g orelha de porco
1 morcela
1 chouriço de carne
1 farinheira
125g novilho do cachaço
100g frango
50g sal grosso
60g de nabo
150g couve-lombarda
Hortelã
1 cenoura
60g batatas
150g couve-coração
100g couve-portuguesa
Arroz

Modo de preparação
1. Tempere todas as carnes com sal no dia anterior ao da cozedura.
2. Descasque o nabo e as cenouras e corte-os em pedaços.
3. Lave muito bem todos os legumes, retirando-lhes os talos centrais e corte-os em pedaços.
4. Separe a couve portuguesa em folhas e corte as batatas em quartos ou metades.
5. Coloque as carnes, exceto o frango, numa panela grande com água suficiente para as cobrir e junte os raminhos de hortelã. Deixe cozer até verificar que estão cozidas.
6. Retire-as, à medida que ficarem prontas e reserve.
7. Na mesma água, coza o frango. Retire e reserve.
8. Retifique o nível da água e os temperos e aproveite o caldo da carne para cozer os enchidos separadamente. Retire-os e reserve.
9. Na mesma água, introduza as couves e a cenoura e deixe ferver durante cinco minutos.
10. Adicione, então, as batatas e o nabo. Não os deixar cozer demasiado, evitando assim que se desfaçam.
11. Prepare o arroz, utilizando a água das várias cozeduras. Para isso, coloque num tachinho duas medidas de água para uma de arroz e junte algum chouriço de sangue e farinheira desfeitos e sem pele. Retifique temperos e deixe cozer.
12. Corte as carnes em pequenos pedaços e disponha-as numa travessa de servir.
13. Faça o mesmo com os enchidos.
14. Noutra travessa, coloque os legumes e o arroz.

Este prato é realmente saboroso e um bom motivo para juntar família e amigos à mesa. Em algumas regiões a água sobrante da cozedura das carnes é ainda usada para fazer uma sopa, acrescentando-lhe apenas ou pão, ou massinha ou feijão branco e um pouco de hortelã.

Veja também: