Crédito com nome no Banco de Portugal: o que fazer?

Precisa de um crédito, mas tem o seu nome na lista negra do Banco de Portugal? Saiba quais as alternativas para conseguir um crédito com nome no Banco de Portugal.

Crédito com nome no Banco de Portugal: o que fazer?
É possível conseguir um crédito com nome no Banco de Portugal?

Se o seu nome constar na base de dados da Central de Responsabilidades de Crédito (CRC) do Banco de Portugal, vulgarmente conhecida como lista negra do Banco de Portugal, por estar numa situação importante de incumprimento no pagamento de créditos contraídos, não será fácil obter outros créditos.
A referida base de dados serve, precisamente, para ser consultada pelas instituições financeiras sempre que pede um crédito, ajudando-as a avaliar o risco dos potenciais clientes.
Assim, ao fazê-lo, o mais certo é não conseguir crédito com nome no Banco de Portugal, pois é considerado um empréstimo de elevado risco para o banco. Aliás, se o seu nome estiver referenciado na lista negra do BdP como incumprimento de crédito: “vencido”; “em litígio judicial” ou “abatido ao ativo”, a atribuição de um crédito, por parte de uma instituição financeira, é mesmo legalmente proibida.
 
Mesmo o crédito consolidado não é concedido para estes casos. Deve recorrer a essa solução antes de não estar a conseguir pagar as responsabilidades de crédito contraídas.
 
JUNTE TODOS OS SEUS CRÉDITOS NUM SÓ
Simplifique as suas contas, consulte agora os nossos especialistas em crédito consolidado. Ao juntar os seus créditos, fica com apenas uma mensalidade, paga sempre ao mesmo dia do mês.

Então qual a solução para conseguir um crédito com nome no Banco de Portugal?

 

1. Conseguir um empréstimo de particulares

A dificuldade de conseguir crédito, mesmo para quem não está em incumprimento veio elevar o número de empréstimos entre particulares. É, aliás, a única forma segura de obter um crédito com nome no Banco de Portugal, encontrar um particular de confiança que aceda a lhe emprestar o dinheiro. Mas não se esqueça que o empréstimo entre particulares também tem regras. Na internet também surgem soluções de crédito entre particulares, mas esta é uma solução que acarreta muitos riscos, havendo relatos de más experiências. 
 

2. Renegociar o crédito

Se não conseguir a solução anterior (ou mesmo que a consiga) pode tentar uma renegociação de crédito com a entidade financeira credora, de forma a reclassificar o crédito em dívida no Banco de Portugal num “crédito renegociado”. Poderá depois conseguir crédito, mas assegure-se que consegue cumprir com as suas responsabilidades de pagamento.
 

3. Crédito rápido

Em alguns casos, e em algumas entidades financeiras, poderá tentar o denominado crédito rápido (fácil/imediato), disponibilizado por entidades privadas de concessão de crédito, muitas vezes encontrado na internet, mas deve ter atenção para não ser enganado ou acumular mais dívidas que depois não consegue pagar, isto porque um crédito deste tipo implica juros muito altos. Preste atenção igualmente aos contratos que assina e avalie a credibilidade da instituição financeira a quem está a pedir o crédito.
 
Poupe até 60%, reduza as suas mensalidades com o crédito consolidado, saiba como.
 
Veja também: