Crédito consolidado e as prestações em atraso

Se se atrasar na prestação do seu crédito consolidado, estará sujeito a novas regras que defendem, de alguma forma, o devedor. Informe-se sobre a nova legislação, também aplicável ao crédito consolidado.

Crédito consolidado e as prestações em atraso
Saiba quais são as novas regras para as prestações em atraso do seu crédito consolidado
  • Os atrasos nas prestações são frequentes. Caso tenha um crédito consolidado, saiba quais são as novas regras.

O crédito consolidado apresenta-se como uma solução ideal para as pessoas que por um motivo ou por outro não conseguem fazer face a todas as prestações dos créditos que contrairam. Quando a situação atinge o limite, é preciso procurar outras soluções e tantar aliviar as prestações mensais.

É aqui que existe a hipótese de crédito consolidado, que agrega todas as prestações numa só prestação significativamente mais baixa, uma vez que é possível a negociação do alargamento do prazo e respectivas condições de pagamento.

Prestações em atraso: as novas regras

Desde o dia 5 de Setembro de 2013 que os consumidores e empresas que contrairam créditos estão mais protegidos. Isto porque entrou em vigor uma nova legislação que vem limitar as comissões que os bancos podem cobrar em caso de atraso no pagamento da prestação (decreto-lei nº 58/2013). Esta regra também é aplicável a quem solicitou o crédito consolidado e possa ter também prestações em atraso.

JUNTE TODOS OS SEUS CRÉDITOS NUM SÓ
Simplifique as suas contas, consulte agora os nossos especialistas em crédito consolidado. Ao juntar os seus créditos, fica com apenas uma mensalidade, paga sempre ao mesmo dia do mês.

Os juros de mora

Também os juros de mora que podem ser cobrados nestas situações, encontram-se agora sujeitos a um limite máximo. Apesar do crédito consolidado ser já uma solução de recurso que alivia o orçamento do devedor, a verdade é que o país encontra-se numa situação em que o aumento do desemprego ou a diminuição do rendimento disponível permitem um crescente número de incumprimento. Também no crédito consolidado existem situações de prestações em atraso.

Faça aqui uma simulação de crédito consolidado.

As principais mudanças

Comissão única em caso de atraso: Até há bem pouco tempo, qualquer atraso na prestação de um crédito dava origem ao pagamento de inúmeras comissões à entidade bancária. As novas regras limitam as penalizações a uma só comissão que não pode ser superior a 4% do valor da prestação.

Juros de mora limitados a uma taxa anual de 3%: Além do estabelecimento de uma comissão única pelo atraso do pagamento das prestações do crédito, a nova legislação vem limitar os juros de mora que podem ser cobrados pelo tempo que durar o incumprimento do cliente bancário. Assim o banco poderá cobrar uma taxa anual máxima de 3% que acresce à taxa de juros remuneratórios.

Poupe até 60%, reduza as suas mensalidades com o crédito consolidado, saiba como.

 

Também lhe pode interessar: