Crosta láctea: o que é e como a deve tratar

A crosta láctea aparece nas primeiras semanas de vida e geralmente desaparece antes do primeiro ano. Conheça aqui os produtos para a tratar devidamente.

Crosta láctea: o que é e como a deve tratar
Eczema que afecta os bebés nas primeiras semanas de vida

Crosta láctea é uma forma de dermite seborreica infantil e afecta  um em cada quatro bebés. Esta patologia tem como características o nascimento de escamas oleosas, com o tom amarelado e pequenas elevações semelhantes a borbulhas.

Desconhece-se qual a origem desta patologia, contudo, pensa-se que está associada à presença de hormonas esteróides maternas que desencadeiam a produção excessiva de sebo. Esta situação favorece o desenvolvimento de fungos e promove a agregação de células mortas, formando escamas e crostas.

Crosta láctea: tratamento

Existem produtos que têm como principal função:

  • Controlar a hipersecreção sebácea;
  • Ação queratolítica, para ajudar a remover as crostas;
  • Ação emoliente e regeneradora de todos os lípidos indispensáveis à pele;
  • Ação anti-oxidante / anti irritante.

Disponíveis no mercado, estes são os produtos mais eficazes para o tratamento da crosta láctea:

1. Kelual – Ducray

crosta-lactea

  • Faz desaparecer as escamas;
  • Acalma a irritação e a vermelhidão associadas;
  • Com propriedades suavizantes e hidratantes;
  • Não possui parabenos, nem perfume, nem álcool para não irritar a pele;
  • Preço de custo médio: 11 euros.

2. ACBDerm Babysquam – Bioderma

crosta-lactea

  • Elimina suavemente as escamas;
  • Ação queratoreguladora com ajuda do arabinogalactano e dos ésteres lipofílicos de ácido málico;
  • Com elementos hidratante e emolientes como a manteiga de karité e a glicerina;
  • Sem parabenos e perfume;
  • Não arde nos olhos;
  • Preço de custo médio: 10 euros.

3. Soin Croûtes de Lait Creme Reparador e Calmante (Uriage)

crosta-lactea

  • Elimina com suavidade a crosta láctea, acalma as irritações do couro cabeludo e regula a flora cutânea;
  • A associação do complexo patenteado TLR2-Regul anti irritações e de um cativo asseptizante com Água Termal de Uriage permite a eliminação rápida da crosta láctea asseptizando e purificando o couro cabeludo;
  • Não é comedogénico nem perfumado.
  • Custa em média 10 euros.

Dicas importantes

  • A crosta láctea aparece, na maioria das vezes, nas primeiras 2-8 semanas de vida e habitualmente desaparece por volta dos 7-8 meses;
  • O bebé deve ser mantido limpo e seco, uma vez que a crosta láctea agrava com a transpiração;
  • O bebé não necessita de ter a cabeça coberta para sair de casa, exceto se fizer frio. Neste caso deve retirar o gorro sempre que entrar em locais climatizados;
  • Sempre que iniciar um tratamento cosmético, deve esperar pelo menos duas semanas para ver os resultados;
  • Pode lavar a cabeça do bebé com champô uma vez por dia;
  • Não retirar as escamas com os dedos porque aumenta o risco de infeção;
  • Para evitar a acumulação de células mortas na pele, escovar ou pentear suave e completamente o cabelo do bebé;
  • A crosta láctea não está relacionada com a caspa dos adultos, nem se deve à falta de higiene com o bebé.

 

Veja também: