Cuidado com o cash trapping

Quando pensamos que já não há mais forma de burlar as pessoas nas caixas Multibanco, surge uma nova técnica. Desta vez, é o cash trapping. Saiba em que consiste e como se prevenir desta nova forma de burla.

Cuidado com o cash trapping

Já existem centenas de casos em todo o país deste novo esquema de burla no multibanco. Se bem se lembra, uma caixa Multibanco tem aquela tampa metálica de protecção na saída das notas. Ora, o cash trapping consiste em colocar nessa saída um dispositivo metálico (ou de plástico) muito semelhante à tampa original.

 

Dessa forma, o dinheiro fica aí preso e o cliente acaba por abandonar o terminal ATM por achar que este se encontra com alguma anomalia, não desconfiando de nada, pois estes criminosos são astutos e também têm um esquema para que o recibo não saia para que a vitima não veja o saldo. É colocado um pequeno pedaço de papel na ranhura de extracção dos recibos, para que estes fiquem retidos aquando dos movimentos efectuados pelos clientes.

 

O cliente abandona a máquina multibanco e o caminho fica livre para que os burlões se apropriem do dinheiro de terceiros. Todo o cuidado é pouco, portanto, siga os conselhos do E-Konomista para evitar ser vítima destes esquemas fraudulentos:

 

Como evitar o cash trapping:

  • Prefira as caixas multibanco que se encontram dentro das instalações dos bancos, pois são mais seguras, tendo em conta que têm videovigilância, havendo, portanto, uma menor probabilidade de serem alvo de fraudes
  • Se usar alguma caixa multibanco no exterior do banco, certifique-se que se encontra em bom estado, nomeadamente, a ranhura do cartão assim como o dispositivo de saída do dinheiro.
  • Se eventualmente tiver algum problema durante a operação não dê ouvidos ao conselho de terceiros, pois nunca sabe se estes apenas lhe querem extorquir dinheiro
  • Se tiver algum problema durante o movimento no Multibanco, chame a PSP através do 112, permanecendo na caixa multibanco. É importante que não abandone o local.