Lista essencial de cuidados a ter com o gás

O gás é incontestavelmente importante numa casa, ao permitir o funcionamento de vários eletrodomésticos que contribuem para o conforto e bem-estar de todos: aprenda a evitar acidentes.

Lista essencial de cuidados a ter com o gás
Saiba como evitar acidentes em casa

O gás é um combustível de uso doméstico bastante comum, mas precisamente por ser um combustível comporta várias preocupações. São várias as comodidades numa casa que dependem do gás e que promovem o conforto das pessoas que lá vivem. Por isso é necessário que se aprendam os cuidados a ter com o gás, de modo a evitar acidentes que têm, regra geral, consequências graves.

Os principais riscos associados à utilização de equipamentos a gás têm a ver tanto com o perigo de fuga - normalmente não é fácil de detetar -, como com o perigo de inalação de monóxido de carbono - resultante da combustão do gás.


Cuidados a ter com o gás pela sua segurança


Comportamentos a evitar

  • Ter esquentadores em espaços não ventilados ou em casas de banho
  • Deixar o esquentador ligado sem ninguém em casa
  • Deixar o fogão ligado sem a presença de pessoas
  • Usar os tubos do gás para pendurar objetos
  • Ter garrafas de gás próximas de fontes de calor
  • Ter garrafas de gás em caves
  • Tombar garrafas de gás
  • Usar fósforos para procurar fugas de gás



Comportamentos a seguir

  • Comprar equipamentos que sigam as normas emitidas pelas entidades competentes
  • Garantir que a instalação é feita por técnicos especializados é outro dos cuidados a ter com o gás
  • Proceder a reparações e manutenções apenas com técnicos especializados
  • Mandar limpar regularmente chaminés e exaustores
  • Tratar da substituição de tubos e braçadeiras regularmente
  • Ter detetores de gás em várias divisões da casa
  • Testar regularmente esses detetores deve constar da sua lista de cuidados a ter com o gás



Comportamentos a ter em caso de suspeita de fuga de gás

  • Desligar o fornecimento geral do gás
  • Não usar interruptores ou equipamentos elétricos
  • Apagar chamas que estejam acesas
  • Não fumar
  • Garantir a ventilação dos espaços (abrir portas e janelas)
  • Contactar o fornecedor de gás

Muitas vezes os perigos associados à utilização de equipamentos a gás em casa são silenciosos, isto é, são difíceis de prever e provocam a limitação das reações. Os sintomas mais frequentes da inalação de gás ou monóxido de carbono são as tonturas e dores de cabeça, sonolência e perda de forças, pele arroxeada e perda de consciência.

Se se deparar com uma possível vítima de intoxicação por gás ou monóxido de carbono é fundamental que tente retirar a vítima para um local arejado, protegendo as vias respiratórias, ou evitando mesmo respirar, para não correr o risco de inalar também esses gases. Além de seguir os comportamentos indicados anteriormente para o caso de suspeita de fuga de gás, deve também contactar imediatamente o 112.

Veja também: