5 cuidados a ter com os animais nos dias de calor

Acidentes com animais fechados dentro de carros ou esquecidos nas varandas são bastante comuns. Conheça 5 cuidados a ter com os animais nos dias de calor.

5 cuidados a ter com os animais nos dias de calor
Aproveite o bom tempo para se divertir com o seu amigo de 4 patas

Respiração ofegante, ansiedade, cansaço, saliva excessiva, pele demasiado quente, batimento cardíaco acelerado, imobilidade – estes são os sinais que o devem deixar alerta, uma vez que são os principais sintomas de que o seu animal está a sofrer um golpe de calor. Veja uma lista dos principais cuidados a ter com os animais nos dias de calor.

Cuidados a ter com os animais nos dias de calor

Carro

Antes de mais, deve evitar deixar um animal dentro do carro, uma vez que a temperatura no interior sobe muito num curto espaço de tempo: num dia em que a temperatura ambiente ronde os 25ºC, a temperatura que se faz sentir dentro do carro é de 40ºC, em apenas alguns minutos.

Deste modo, se tiver de deixar o seu animal dentro do carro, faço-o por um curto período de tempo e garanta alguma ventilação para que o ar circule.

A PETA, associação para a defesa do direito dos animais, lançou uma campanha que pretende alertar para os perigos de deixar um cão dentro do carro.

As varandas são outro local comum de perigo e motivo para mais um dos cuidados a ter com os animais nos dias de calor. À semelhança do que acontece nos carros, também aqui há que garantir certas condições mínimas: uma sombra para que o animal se possa proteger e água fresca e limpa.

De todas as formas, caso se depare com animal em perigo devido ao calor intenso, deverá contatar as autoridades locais.

Hidratação

hidratação

Um dos cuidados a ter com os animais nos dias de maior calor prende-se com a hidratação. Assim sendo, devemos redobrar a hidratação dos animais, não esquecendo os gatos. A verdade é que também os gatos sentem uma maior necessidade de beber água nos dias de maior calor, pois só assim conseguem manter a temperatura corporal.

Deste modo, procure ter sempre a taça de água cheia ou então recorra aos dispensadores de água, que garantem que o seu animal de estimação tem acesso a água limpa e fresca, quando o necessite.

Cuidados com as patas

cuidados com as patas

Levar o cão à rua, varia de acordo com a necessidade e idade do animal. Porém, deve evitar passear o cão nas horas de maior calor, optando assim pelos passeios matinais, por volta das 10h ou então, sempre que possível, depois das 16h.

Ao evitar estas horas está a proteger o animal dos golpes de calor, bem como as suas patas de queimaduras, nomeadamente as suas “almofadas”. Para além de garantirem a locomoção do animal, têm a função de manter uma temperatura homogénea do seu corpo.

Pelo

cães de pelo comprido

Um dos aspetos a ter em atenção está relacionado com o comprimento dos pelos dos animais. Os cães de pelo comprido, por exemplo, podem ter maiores problemas em manter uma temperatura homogénea. Uma solução passa por escová-lo várias vezes ou então tosquiá-lo.

Banhos

banho ao cao de mangueiraFonte da imagem: Noten Animals

Uma forma de se divertir com o seu cão é optar por dar-lhe um banho de mangueira! Esta é uma solução que, para além de ir ao encontro dos cuidados a ter com os animais nos dias de calor, vai proporcionar um momento de diversão e empatia com o seu companheiro de quatro patas e, no final, ele vai agradecer.

Ver também: