Publicidade:

5 cuidados a ter nas redes sociais

Não basta ajustar as definições das nossas contas para que a informação esteja protegida. Há cuidados a ter nas redes sociais que merecem a nossa atenção.

5 cuidados a ter nas redes sociais
As redes sociais não são tão privadas como parecem

Existe uma ilusão de privacidade e segurança nestas plataformas online, mas a verdade é que há uma série de cuidados a ter nas redes sociais que deviam ser do conhecimento geral.

À luz de várias polémicas, podemos destacar o Facebook como uma das plataformas mais vulneráveis – cujo acesso à informação pessoal dos utilizadores, por parte de terceiros, é, aparentemente, mais fácil.

Mas o Facebook não é a única rede social que inspira cuidados. Plataformas como o Instagram, o Twitter ou até mesmo o Snapchat são redes que podem, além de aceder aos dados pessoais dos utilizadores, tornar públicas determinadas situações privadas que não são, a priori, uma preocupação do utilizador.

Cuidados a ter nas redes sociais: 5 atitudes a evitar


É frequente utilizarmos as redes sociais para partilharmos os sítios onde estamos, com quem estamos, o que vamos comer… É igualmente comum partilhar determinados marcos da vida, situações importantes e objetivos alcançados. A comunicação é necessária e importante, mas está demasiadamente associada à exposição pública. Por isso, há coisas que não se deve partilhar nas redes sociais.

Há, por isso, cuidados a ter nas redes sociais a este nível e também em relação à confidencialidade das informações de cada utilizador. Isto porque, feliz ou infelizmente, temos uma tendência muito grande a expor, de forma constante, a nossa vida ou acontecimentos relacionados com a mesma.

Por estas razões, e porque deve existir algum cuidado por parte dos utilizadores aquando do uso de determinada plataforma social, queremos destacar 5 atitudes que deve evitar nas redes sociais, de modo a proteger a sua privacidade nas mesmas.

1. Publicar conteúdo pessoal

dados pessoais no facebook

Sim, é apetecível. Sim, é propício. Sim, deve evitá-lo. Este é, talvez, um dos principais erros cometidos pelos utilizadores dessas plataformas. Como em tudo, é necessário peso e medida, ou seja, alguma racionalidade nas suas escolhas e naquilo que pretende tornar público.

Não se justifique com aquelas definições de privacidade que configurou há dois dias. Não que os seus dados corram perigo, ou que o conteúdo que partilha chegue a pessoas que não fazem parte dos seus amigos, mas evitar a publicação excessiva de conteúdos pessoais é um dos cuidados a ter nas redes sociais.

Por muito que limite o público das suas publicações, ninguém lhe garante que os amigos dos amigos não tenham acesso a essa informação um dia. As redes sociais, como a tecnologia de forma geral, evoluem de forma galopante, por isso todo o cuidado é pouco e nem todos temos boas intenções.

Para além disso, tenha especial atenção se gerir tanto uma conta pessoal como uma profissional. Se ambas estiverem associadas ao mesmo dispositivo, é possível que publique fotografias dos seus amigos e familiares no perfil empresarial que gere – e vice-versa. Esta é uma situação que acontece frequentemente no Instagram, mais propriamente nos Stories.

2. Ser polémico

redes sociais

Guarde a sua opinião para si ou para debater, pessoalmente, com os seus amigos e/ou familiares. Não queira desencadear a III Guerra Mundial nas suas redes sociais. As opiniões diferem de pessoa para pessoa (sobretudo as mais polémicas). Há pessoas mais pacíficas do que outras (há, inclusive, pessoas que deve evitar nas redes sociais), pelo que deve jogar pelo seguro.

Este é um dos cuidados a ter nas redes sociais mais importantes para que possa proteger a sua integridade e ainda garantir que não é ofendido em “praça pública”.

Seja o tópico futebol, política ou a meteorologia do dia seguinte, evite expor, de forma óbvia, as suas opiniões. Muitas dessas publicações, que acreditamos serem inocentes, são alvo de julgamento e desencadeiam discussões sem fim.

3. Partilhar informações de outras pessoas

cuidados a ter nas redes sociais

Imagine que gere um negócio. Tem uma pequena empresa e divulga os seus serviços (ou produtos) nas redes sociais da mesma. Um dia, um cliente publica, no respetivo perfil pessoal, a sua opinião sobre o serviço/produto prestado/comprado. Se o feedback até é positivo e se pensou em partilhar aquela informação de forma imediata, tenha calma. Pense primeiro…

Deve pedir, primeiramente, autorização à pessoa em causa para partilhar o conteúdo em causa. Poderá estar a partilhar imagens ou conteúdos mais pessoais que o(a) cliente não quer que se tornem públicas. Este é outro dos cuidados a ter nas redes sociais e um dos erros mais cometidos nessas plataformas.

4. Publicar demasiado

publicar demasiado

Ou overposting. Novamente, se tem um perfil profissional, pense na ótica do utilizador, cliente ou potencial cliente. Ele não vai querer, seguramente, percorrer o seu feed pessoal e só visualizar publicações da sua marca. Além disso, deve saber que os algoritmos das redes sociais diferem de plataforma para plataforma.

Por isso, se faz várias publicações num curto espaço de tempo no Facebook, não espere que elas tenham grande alcance. Quanto mais faseada for a partilha de conteúdos nessa plataforma, melhor será para o seu negócio. Mas se, por outro lado, publicar pelo menos duas vezes por dia no seu Instagram, conseguirá bons resultados.

5. Expor os seus dados pessoais

cuidados a ter nas redes sociais

Informações como a sua localização, compras que tenha feito ou alguma imagem que torne públicas as suas informações bancárias são comportamentos a evitar. Todo o conteúdo partilhado nas redes sociais é facilmente partilhável, nunca se esqueça.

Veja também:

Luísa Santos Luísa Santos

Licenciada em Ciências da Comunicação - Jornalismo, Mestre em Multimédia, cantora sem diploma nas horas livres. Trabalha atualmente em Marketing e Comunicação, é viciada em redes sociais e fervorosa adepta do desenrasque.