PLANO DE SAÚDE MEDICARE - 6 mensalidades sem compromisso

5 cuidados na compra de brinquedos que não pode esquecer

Na hora de mimar o seu pequeno, é importante que tenha uma série de cuidados na compra de brinquedos.

5 cuidados na compra de brinquedos que não pode esquecer
Todo o cuidado é pouco

As opções de brinquedos nas lojas especializadas e mesmo não especializadas são mais do que muitas. Apetece comprar tudo! As cores são apelativas, as formas, o que os brinquedos prometem oferecer.

Só de imaginarmos a carinha de felicidade dos nossos pequeninos ao abrirem os presentes, temos vontade de comprar este mundo e o próximo.

No entanto, existem uma série de cuidados na compra de brinquedos que devemos sempre ter em conta, para o bem dos nossos filhos, sobrinhos, afilhados e afins!
 

5 cuidados a ter em conta na compra de brinquedos



1. Adequar o brinquedo à idade

Este é um dos principais cuidados na compra de brinquedos. Praticamente todas as embalagens têm a menção à idade recomendada para utilização do determinado brinquedo.

Brinquedos para maiores de 3 anos não são brinquedos para bebés de 13 e 14 meses! Se esses avisos existem, por algum motivo é. Pode ser devido a terem pequeninas peças, ou até mesmo a serem um brinquedo que um bebé simplesmente não vai entender e gostar!

As etiquetas de idade são realmente um dado que não deve nunca ignorar.

 

2. Muita atenção aos avisos de segurança!

Este é outro dos cuidados na compra de brinquedos mais importantes. Se consta algum aviso de segurança, por algum motivo é. Não os ignore, eles podem fazer toda a diferença numa hora de maior aflição!

Não é por acaso que na compra de piscinas insufláveis, por exemplo, aparece o aviso de risco de afogamento e de que não deve nunca deixar a sua criança sem supervisão. Atente a todas as indicações e siga-as à risca.

 

3. Garantir a mínima durabilidade

Todos sabemos que as crianças não têm propriamente o dom de serem delicadas e suaves. Já se sabe que um brinquedo vai cair, voar de um lado para o outro, embater contra outras coisas. E é por isso importante que tenha a mínima durabilidade!

Informe-se com os vendedores sobre a resistência do brinquedo e sobre como ficará no caso de se partir. Não vai querer mil cacos de brinquedos espalhados pela casa, o que até pode ser um risco para a sua criança!

 

4. Ler sempre as instruções

Sobretudo nos brinquedos de montar, é muito importante que não o faça sem consultar as instruções. Um brinquedo mal montado pode gerar acidentes, alguns deles graves.

Não encare a leitura das instruções como uma perda de tempo, mas sim como uma forma de conhecer melhor o brinquedo do seu pequenino!

 

5. Atenção às alergias

Um dos cuidados na compra de brinquedos que pode parecer absurdo mas na verdade não o é, tem a ver com a atenção às alergias das crianças. Peluches, por exemplo, podem ser uma péssima oferta para uma criança que tenha alergias a ácaros, pó e afins…

Além disso, existem brinquedos que podem ter alimentos associados (fábrica de gelados, de algodão doce, etc) e é importante verificar sempre os seus ingredientes para garantir que não farão mal ao seu filho.  

Veja também: