Cursos de inglês para seniores: como e porquê

Um segundo idioma é válido em qualquer altura da vida. Descubra os melhores cursos de inglês para seniores. Falar outra língua vale a pena em qualquer idade.

Cursos de inglês para seniores: como e porquê
Nunca é demasiado tarde para aprender

Quem de nós ouviu dizer que “nunca se deve parar de estudar”? O conselho é, sem dúvida, algo a ter em grande consideração - principalmente porque voltar a estudar pode ser uma excelente desculpa para marcar as próximas férias. Não entendeu? Nós explicamos.

Aprender um novo idioma é fundamental para crianças e adultos, mas os idosos também podem – e devem – experimentar uma nova língua. O turismo na terceira idade, por exemplo, tem crescido a olhos vistos, e por que não apostar em dominar um segundo idioma para melhor aproveitar as futuras viagens? Seja como for, exercitar a mente é sempre uma excelente escolha – e ainda ajuda a fortalecer a memória. Descubra, com a ajuda deste artigo, qual o curso de inglês para seniores que deve ter como alvo na altura de escolher.
 

Seniores: porque fazer um curso de inglês?

Quando uma pessoa de idade mais avançada escolhe fazer um curso de inglês intensivo, ela experimenta uma atividade que ajuda em diversos domínios: sociais, culturais e emocionais. Estudar um novo idioma pode aumentar a autoestima e fortalecer a memória dos idosos, para além de ser um excelente passatempo para aqueles que estão em casa após a reforma.

Optar por aprender inglês vai ajudar a desenvolver também noções culturais, estimulando a curiosidade e oferecendo segurança. Para os mais "viajados", esta opção pode ainda ser uma excelente desculpa para programar a próxima "escapadinha" - para fora de fronteiras.
 


Nunca é demasiado tarde para aprender

Muitas pessoas idosas, embora sejam curiosas, sentem algum receio em procurar uma escola que oriente aulas para o público de idade mais avançada. Na verdade, os cursos não necessitam de ser exclusivos para os idosos, basta que as aulas sejam orientadas para estimular este tipo de público. Estar em turmas compostas por outros jovens e adultos pode ser um ótimo "motor" de encorajamento para os idosos que querem aprender inglês.
 


Que tipo de aulas escolher?


Aulas presenciais

Para estimular o processo e garantir que ele é bem sucedido e prazeroso, sem esquecer de assegurar que o ritmo individual é respeitado, o ideal é optar por programas interativos e simples.

O programa myClass é um excelente exemplo, porque para além de ser orientado caso a caso, ele é inteiramente adaptado ao nível do aluno, aos gostos pessoais, às necessidades reais e prioriza o contacto entre os diferentes grupos.

Nas aulas myClass, o aluno escolhe a hora da aula, o tema, a data e até o professor – tudo isso de forma online. A seleção das escolhas não é fixa e pode ser alterada com até 24h de antecedência.  

Uma excelente vantagem deste plano de aulas é o acesso ao programa social myClub, onde o aluno é convidado a participar livremente em diversos eventos sociais e culturais, interagindo com outros estudantes de inglês e aproveitando para treinar o que aprende ao longo do curso.
 

Aulas online

Aprender com a ajuda da internet pode ser bastante divertido e muito conveniente para quem não quer – ou não pode – sair de casa, mas ainda assim não abre mão de uma nova aventura: descobrir um novo idioma.

Existem inúmeros recursos que pode utilizar para estudar inglês online. O melhor de tudo? Há imensas ferramentas que tornam o processo mais lúdico, como vídeos, jogos, histórias  e exercícios de gramática e de compreensão auditiva. O aluno que aposta nas aulas online ainda pode baixar aplicações para o tablet ou para telemóvel, e assim usufruir de uma série de outras vantagens – em qualquer altura e a qualquer hora do dia.
 
Veja também: 

Continuar a Ler

Os mais vistos