Como deduzir donativos no IRS

Saiba aqui como pode deduzir donativos no IRS, que tipo de donativos pode deduzir e outras formas de ser solidário através do IRS.

Como deduzir donativos no IRS
Deduzir donativos no IRS pode trazer benefícios fiscais

Deduzir donativos no IRS traz benefícios fiscais e, durante o preenchimento da declaração do IRS, esta dedução é muitas vezes esquecida pelos contribuintes.  Saiba tudo aqui.

Deduzir donativos no IRS: quais?

A primeira coisa a saber é que nem todos os donativos podem ser deduzidos no IRS. Podem receber donativos as entidades com interesse social, ambiental, cultural, tecnológico, desportivo e científico. Poderá consultar quais as entidades beneficiárias através do site da Segurança Social. Algumas, tal como o Estado e associações de freguesias e municípios, por exemplo, não precisam de reconhecimento prévio.

É possível deduzir 25% dos valores em dinheiro doados a instituições sociais, num limite de 15% da coleta para entidades não estatais. Quanto a deduzir donativos no IRS feitos ao Estado, não existe um valor máximo.

As entidades que recebem o donativo devem emitir um comprovativo do mesmo e enviar uma declaração referente aos donativos recebidos no ano anterior à administração fiscal. O contribuinte deve sempre guardar uma prova de como fez estes mesmos donativos.

Deduzir donativos no IRS: como?

Para deduzir donativos no IRS tem também de saber onde os tem de preencher na declaração. Deverá fazê-lo através do quadro 6B do anexo H, tendo de utilizar o respetivo código indicado nas instruções de preenchimento desse mesmo anexo. Existem vários códigos, logo deve ler as mesmas com atenção.

Solidariedade no IRS

Deduzir donativos no IRS não é a única forma de ser solidário no IRS. A consignação de IRS baseia-se também em doar 0,5% do dinheiro que o Estado receberia a uma entidade escolhida por si, sem qualquer custo adicional para o contribuinte. Esta pequena parcela pode ir para uma de quase 3500 entidades, cuja lista pode consultar através do Portal das Finanças.

Para escolher a instituição à qual vai doar com este ato de solidariedade no IRS, deverá fazê-lo através do quadro 11 da declaração Modelo 3, tendo de identificar a instituição a beneficiar através do Número de Identificação Fiscal (NIF), e de colocar um “X” no quadrado que diz IRS e no tipo de instituição.

Além disto pode ainda deduzir 15% do IVA suportado com determinadas despesas. Esta dedução, ao contrário da consignação do IRS, implica despesas para o contribuinte pois a parcela doada faz parte do que  viria a receber.

Veja também: