AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Despedi-me e agora?

Despedi-me e agora? Se esta é uma dúvida que o assombra de momento, temos algumas dicas que o podem ajudar a encontrar o rumo certo.

Despedi-me e agora?
Todos os dias muitos profissionais em todo o mundo apresentam a sua demissão dos seus empregos.

Enriqueça o seu CV com um Curso de Inglês - 20 Aulas GrátisDespedi-me e agora?”
Nem sempre a questão o que fazer depois de ter sido despedido. A verdade é que há muitos profissionais que tomam a iniciativa de apresentarem a sua demissão dos seus trabalho e se veem perante este dilema. E com mais frequência do que se possa pensar.
 

5 Dicas para pôr em prática depois de se ter despedido

O que se segue depois de se ter despedido?! Há muito que fazer. Em boa verdade já deu o passo mais difícil. Sim, porque desengane-se quem pensa que é fácil apresentar a demissão, porque não é. Ganhar coragem para comunicar a sua decisão aos seus empregadores e (mais difícil ainda) ter a tal conversa com eles. Mais, depois de comunicar a sua decisão ainda tem que permanecer no seu trabalho durante mais algum tempo e tem várias coisas para fazer antes de deixar o seu emprego. Isto para não falar que tudo depende das razões que o levam a apresentar a demissão. Claro que será mais fácil se já tiver outra proposta de emprego, mas e se não tiver?! E se estiver de saída porque já não aguentava mais o seu trabalho?! De facto, todo o processo pode ser bastante stressante e desgastante.

Mas afinal o que deve fazer depois de se despedir?
 

1. Tire algum tempo para si

Bem, a não ser que tenha ganho o euromilhões e decida fazer uma viagem à volta do mundo, há várias coisas a fazer. Mas antes de “pôr mãos à obra” tire algum tempo para si e para recarregar energias. Isto será mais difícil se já tiver outro emprego definido, mas ainda assim, tente ter algum tempo para arrumar as ideias, limpar a mente e preparar-se para a nova fase que se avizinha.

 

2. Organize as suas finanças

Isto é particularmente importante se não tiver já outro emprego em vista, já que tem que garantir que tem como sobreviver (financeiramente falando) durante o período do desemprego.

 

3. Defina o seu plano de ação

Que é como quem diz defina o que quer para a sua carreira a seguir. Defina os seus objetivos profissionais e estabeleça as metas a atingir. Isto vai servir-lhe de orientação e motivação para conseguir encontrar o seu rumo em termos profissionais.

 

4. Atualize o seu Curriculum Vitae (CV)

Mesmo que tenha optado por fazer uma paragem antes de voltar novamente ao trabalho, não deve deixar de lado o seu CV. O ideal é que o reveja e atualize de imediato para que o tenha sempre pronto, não vá dar-se o caso de “dar de caras” com o emprego dos seus sonhos.

 

5. Seja paciente

Ok, despediu-se e agora não sabe o que fazer e até tem dúvidas que tenha tomado a decisão certa. É normal. Mas não vai ajudar entrar em desespero. O melhor mesmo é manter a calma e ser paciente. Por vezes as coisas não são tão rápidas como gostaríamos. Paciência! Se tiver dificuldade em lidar com a situação, talvez deva manter-se ocupado com outras coisas. Aproveite para fazer exercício ou para apostar na sua formação, por exemplo.

 

E agora? Agora, “bola para a frente”!

O agora depende de você. Pense desta forma. Se optou por se despedir teve as suas razões (e terão sido fortes certamente) para o fazer. Agora só lhe resta “tocar a bola para a frente” e procurar ser o profissional de sucesso quer provavelmente ambiciona ser. 

Conselhos sobre como subir na carreira, com a Newsletter do E-Konomista


Veja também: